Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

Notícias

Prestes a estrear no boxe sem luvas, VanZant revela possibilidade de voltar ao MMA

Após deixar o UFC e surpreender o mundo das lutas ao assinar com o Bare Knuckle FC, Paige VanZant estreia na organização de boxe sem luvas na próxima sexta-feira (5), diante de Britain Hart, pelo main event da edição de número 16 do evento, que acontece em Tampa, na Flórida (EUA). No entanto, ao que parece, um retorno ao MMA não está descartado pela lutadora americana.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, VanZant revelou que possui uma cláusula em seu contrato com o Bare Knuckle FC que a permite voltar a competir na sua modalidade de origem. E, ainda que afirme estar completamente focada na sua estreia pela entidade de boxe sem luvas, a ex-atleta do UFC não descartou a possibilidade de voltar ao MMA no futuro, especialmente por conta da confiança em suas habilidades que, de acordo com ela, foi recuperada ao transferir sua base de treinamentos para a academia da American Top Team, na Flórida.

“O BKFC (Bare Knuckle FC) me deu a liberdade no meu contrato de ser capaz de fazer uma luta de MMA. Eu fui informada sobre isso pelo meu empresário, e eu não sabia disso inicialmente. Inicialmente, eu estava tipo: ‘Não, eu quero apenas lutar boxe’. Mas eu acho que, vindo para a American Top Team, isso fez renascer meu entusiasmo e agora eu percebo quão boa eu sou”, revelou VanZant, antes de completar.

“Eu estou treinando com quem acredita em mim. Tê-los falando que acreditam em mim, e eles treinam algumas dos melhores lutadores no mundo inteiro, e eles olham para mim e acreditam que eu sou boa. Então, isso meio que despertou aquela paixão por todo lado. Então, sim, talvez eu vá fazer uma luta de MMA. Eu estou estritamente focada no boxe agora, especialmente para essa luta. Isso é tudo que eu faço. Mas, talvez. Vamos ver. A porta está aberta, então isso pode acontecer”, afirmou.

Extremamente popular entre os fãs, Paige VanZant construiu um cartel de oito vitórias e cinco derrotas no MMA profissional. Nos últimos anos a carreira da americana foi atrapalhada por lesões seguidas que, em conjunto com alguns resultados negativos no octógono mais famoso do mundo, levaram à sua saída do UFC.

Mais em Notícias