Siga-nos
Montagem/PxImages

Notícias

Pimblett afirma que lutas de Jake Paul são manipuladas; youtuber responde com desafio

Jake Paul ganhou mais um rival para sua já extensa lista de desafetos nos esportes de combate. Agora, a bola da vez é Paddy Pimblett. O britânico se prepara para enfrentar Jared Gordon pelo peso-leve (70 kg) do UFC, em dezembro, em Las Vegas (EUA), mas ignora o oponente, por ora, e alfineta o youtuber ao fazer uma grave acusação. Como não poderia ser diferente, o astro da internet, bastante vocal, não deixou barato e desafiou o prodígio do MMA.

Pimblett reconheceu que Jake apresentou uma melhora considerável em suas habilidades no boxe, mas não se mostrou impressionado com os resultados obtidos pelo mesmo no ringue. De acordo com ‘The Baddy’, o americano merece ser classificado como lutador, porque, visivelmente, se dedica ao esporte e treina intensamente, porém questiona até que ponto sua invencibilidade na nobre arte é legítima.

O britânico sinaliza que o youtuber escolhe duelos acessíveis e, não satisfeito, o acusa de estar envolvido em lutas manipuladas. Para ilustrar seu ponto de vista, o atleta citou o confronto de Paul com Anderson Silva, realizado em outubro, no qual apresentou um knockdown polêmico por parte do astro da internet, no oitavo e último round.

“Eles são uma gangue de idiotas. Vou dar o devido crédito para Jake agora. Ele está treinando tanto, que provavelmente poderia derrotar boxeadores profissionais. Ele tem fundos ilimitados e não precisa fazer mais nada. Ele não tem que ir fazer um trabalho. Ele consegue os melhores treinadores, nutricionistas e coisas assim. Jake não está tão ruim agora, embora ache que suas lutas são manipuladas. Não acho que o nocaute em Woodley foi manipulado, porque quando você é nocauteado assim, se não estiver inconsciente, você vai colocar os braços para fora. Você não pode evitar. Mas vi o soco que ele lançou em Anderson por um ângulo e nem acertou”, declarou o lutador do UFC, ao participar do programa ‘Pub Talk’.

Após tomar conhecimento da acusação feita por Pimblett, Jake não escondeu a decepção em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui). O youtuber reprovou a conduta do britânico que, além de contestar seu triunfo, também questionou a credibilidade de Anderson Silva, um dos melhores lutadores da história do MMA, e das empresas responsáveis pela realização da luta entre eles. Disposto a provar que venceu os seis combates que disputou no ringue de forma justa e limpa, o americano se colocou à disposição para mostrar para Paddy seu nível habilidade.

Confiante, o astro da internet ‘convidou’ o atleta do UFC para realizar um treino focado no boxe e lhe ofereceu um milhão de dólares (cerca de R$ 5,3 milhões) se apresentar um desempenho melhor do que o dele. Vale pontuar que ‘The Baddy’ é mais grappler do que striker em ação no MMA, mas é dono de uma trocação poderosa, mesmo com brechas defensivas. Mas, caso leve a melhor, o youtuber exige que o novo rival ingresse na ‘United Fighters Association’, organização criada pelo americano para ajudar os lutadores de MMA a obter melhores salários e benefícios. Segundo Jake, já passou da hora de seus detratores nos esportes de combate aprenderem a respeitá-lo.

“Pobre Pimblett. Eu queria muito gostar de você, mas aí você fala que minha luta contra Anderson foi manipulada. Estou farto desta narrativa. É patético, é estúpido. Você está desrespeitando o GOAT do seu próprio esporte, dizendo que ele é um criminoso, uma fraude. Você está dizendo que a Viacom, uma das maiores empresas de mídia do mundo, está fazendo coisas criminosas. Mas, tenho uma proposta para você, já que você não armaria uma luta, né? Vamos treinar. Podemos fazer rounds de boxe de cinco, três minutos. Se você ganhar, lhe dou um milhão de dólares, que é o que você merece. Você sabe disso, mas o UFC não está te pagando isso. Você merece mais. Mas, se eu ganhar, você tem que se juntar à United Fighters Association e me ajudar a assinar com todos os lutadores do Reino Unido. Coloque seu dinheiro onde está sua boca, vamos lá”, declarou o youtuber em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Jake Paul, de 25 anos, ainda está no início de sua carreira no boxe e, até o momento, seus resultados nos ringues são expressivos. Em boa fase no esporte, o youtuber realizou seis lutas, venceu todas, sendo quatro por nocaute, deixou para trás nomes como Anderson Silva, Ben Askren e Tyron Woodley (duas vezes) e faturou bolsas milionárias em suas aparições.

Ex-campeão do ‘Cage Warriors’, Paddy Pimblett, de 27 anos, chegou ao UFC cercado de grande expectativa e convenceu no octógono. O britânico estreou pela organização em 2021, disputou três lutas, venceu todas pela via rápida e conquistou o bônus de ‘Performance da Noite’ em todas. Pela companhia, ‘The Baddy’ nocauteou Luigi Vendramini, finalizou Kazula Vargas e Jordan Leavitt.

Mais em Notícias