Siga-nos
Esther Lin/ SHOWTIME

Boxe

Pai de Tommy Fury critica Jake Paul por encarar “idosos escolhidos a dedo”

Nem todo mundo se impressionou com a vitória de Jake Paul sobre Anderson Silva, por decisão unânime dos juízes, no último sábado (29). Apesar de ter superado um dos grandes nomes do MMA de todos os tempos, mantendo, assim, sua invencibilidade no boxe profissional, o youtuber segue sendo alvo de críticas por parte de seus detratores, como é o caso do veterano John Fury, pai e treinador dos pugilistas Tyson Fury – campeão mundial peso-pesado – e Tommy Fury, desafeto do astro da internet.

Em um vídeo publicado nas redes sociais da ‘Global Titans Fight Series’ (clique aqui ou veja abaixo), o patriarca da família Fury não poupou palavras para criticar o confronto entre Jake Paul e o veterano Anderson Silva, de 47 anos. Na opinião do experiente treinador de boxe, o duelo entre o astro da internet e o ex-campeão do UFC nem deveria ter acontecido, por conta da idade avançada do brasileiro, que teve que medir forças com um adversário mais de 20 anos mais jovem. Uma prática que, de acordo com o britânico, faz parte do planejamento de carreira da celebridade norte-americana.

Outro ponto levantado pelo treinador é o fato de, mais uma vez, Jake ter enfrentado um lutador oriundo do MMA e não um especialista na nobre arte. Estas, inclusive, são as duas críticas que o youtuber mais recebe desde que iniciou sua carreira no boxe profissional, já que, até o momento, não subiu ao ringue contra um pugilista de origem. Baseado nisso, o britânico aproveitou para cravar que, caso o astro da internet algum dia encare seu filho mais novo, Tommy, o resultado seria catastrófico para o americano.

“Se algum dos meus filhos tivesse 50 anos e fazendo isso, eu diria: ‘Escute, tire um dia de folga, mude de ideia. Tudo que você vai conseguir é fazer papel de tolo e servir de entretenimento para outras pessoas. Você está fazendo o outro cara, que é inútil, parecer bom. Jake Paul não sabe lutar. (Tommy) nocautearia Jake Paul com um soco. E eu vou dizer isso para a câmera: Jake Paul vai ser nocauteado com a primeira direita que ele (Tommy) lançar, e eu vou colocar dinheiro nisso. Esse rapaz (Tommy) está lutando, ao menos ele é um lutador de verdade. Ele treina como um boxeador. Ele teve sete lutas profissionais contra oponentes de verdade. Não foram contra alguns geriátricos (idosos) escolhidos a dedo que precisam de um andador para subir no ringue”, disparou John Fury.

Jake Paul e Tommy Fury nutrem uma rivalidade de longa data. Os dois, inclusive, estiveram perto de medirem forças dentro do ringue, já que um confronto entre eles havia sido marcado para o dia 18 de dezembro do ano passado. Porém, em razão de problemas médicos, o britânico foi obrigado a se retirar da disputa, sendo substituído por Tyron Woodley, ex-campeão do UFC, que acabou nocauteado pelo americano.

Mais em Boxe