Siga-nos
Natassia del Fischer/PxImages

Notícias

Michael Chandler mira cinturão dos leves do UFC após luta com Dan Hooker

Sem Khabib Nurmagomedov, o peso-leve (70 kg) do UFC apresenta seu cenário totalmente aberto e a edição de número 257 tem como destaque dois duelos importantes para o futuro da categoria. No ‘main event’ da atração do dia 23 de janeiro, que acontece na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), Conor McGregor e Dustin Poirier se enfrentam pela segunda vez, mas a estreia de Michael Chandler contra Dan Hooker também é bastante aguardada pelos fãs. Como ficou de ‘stand-by’ para o encontro entre o russo e Justin Gaethje, válido pelo cinturão da classe, o ícone do Bellator indicou que planeja consolidar sua posição no topo.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Chandler informou que, caso vença Dan Hooker em sua estreia no UFC, vai pedir para lutar pelo cinturão do peso-leve da organização e não descartou mencionar certos nomes. O americano mostrou ter consciência de que o atual momento da categoria é conturbado, mas sinalizou que a atração de número 257 vai solucionar algumas dúvidas quanto ao ranking. Além disso, o ex-campeão do Bellator também garantiu estar preparado para atuar contra os melhores lutadores do esporte, algo que os fãs sempre imaginaram.

“Tudo vai ficar claro no dia 23 de janeiro, depois que essas duas lutas acontecerem. Veremos o que acontece. Obviamente, vou fazer uma campanha para lutar pelo cinturão. Vou colocar meu nome na disputa para lutar contra qualquer um desses caras. De qualquer forma, estou muito animado para competir no UFC, para competir com os melhores lutadores do mundo nos leves. Se eu tenho que fazer meu trabalho contra Hooker, também tenho que fazer de novo contra outra pessoa para conseguir a chance de ser campeão. Todos os caminhos levam para o dia 23 de janeiro. Depois disso, posso começar a dizer alguns nomes”, declarou Chandler.

Mesmo sem estrear pelo UFC, Michael Chandler, de 34 anos, é um dos principais nomes para ocupar o lugar de Khabib Nurmagomedov como campeão do peso-leve. Agora, ‘Iron’ tem a chance de enfrentar os melhores atletas da categoria na principal organização de MMA do mundo. O ex-número um do Bellator disputou 26 lutas no esporte, venceu 21 e perdeu outras cinco. Sua última aparição aconteceu em agosto, quando nocauteou Ben Henderson no primeiro round.

Mais em Notícias