Siga-nos
Natassia del Frate/PxImages

Notícias

Michael Chandler explica motivo que impediu sua luta com Tony Ferguson no UFC

Assim como a estreia de Jon Jones entre os pesos-pesados é aguardada pelos fãs, o mesmo se aplica à primeira luta de Michael Chandler no peso-leve (70 kg) do UFC. O ícone do Bellator foi contratado pela organização de Dana White em setembro de 2020 e desde então seu nome foi vinculado aos de Dustin Poirier e Tony Ferguson. Como não houve acordo, o americano passou a ser o reserva imediato do embate entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, válido pela edição de número 254, mas, sem imprevistos, o atleta não pisou no octógono. Agora, quem vai recepcionar ‘Iron’ na companhia é Dan Hooker, porém o lutador não esqueceu da chance que teve de enfrentar o temido ‘El Cucuy’.

Em entrevista à ‘ESPN’ americana, Chandler explicou que o a organização tentou marcar a luta entre ele e Ferguson mais de uma vez e lamentou o fato dela não ter acontecido. Vale lembrar que a companhia planejava incluir o combate justamente na edição liderada por Khabib e Gaethje, em outubro. O ex-campeão do peso-leve do Bellator também informou que o duelo foi cogitado para integrar o UFC 257, mas não foi oficializado, porque ‘El Cucuy’ optou por atuar antes. Apesar do confronto ter se perdido ao longo do tempo, ‘Iron’ ainda expressou o interesse em realizá-lo no futuro.

“A situação com Ferguson foi definitivamente mal administrada. Nós tivemos a oportunidade de lutar em janeiro, neste evento, mas ele disse não. Depois, Ferguson aceitou lutar com Charles em cima da hora, depois de me desafiar. Eu recusei, porque precisava de três ou quatro semanas de folga depois do último ‘camp’ de nove meses que fiz. Minha opinião sobre Ferguson não mudou, é apenas uma pena o que aconteceu. É uma pena que não estou lutando contra ele agora, mas já passei por isso. O UFC me ofereceu quatro outros nomes e Hooker foi um deles”, declarou Chandler.

Michael Chandler, de 34 anos, sempre foi um considerado pelos fãs como um dos principais nomes do esporte fora do UFC. Tanto é que, mesmo sem estrear pela companhia, o americano já é apontado como um forte candidato a ocupar o lugar de Khabib Nurmagomedov como campeão do peso-leve. Agora, ‘Iron’ tem a chance de enfrentar os melhores atletas da categoria na principal organização de MMA do mundo. O ex-campeão do Bellator disputou 26 lutas na modalidade, venceu 21 e perdeu outras cinco. Sua última aparição aconteceu em agosto, quando nocauteou Ben Henderson no primeiro round.

Mais em Notícias