Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Mayweather revela negociação para realizar luta de boxe com McGregor em 2023

Mesmo com 45 anos, Floyd Mayweather segue em atividade nos esportes de combate. Neste domingo (25), em Saitama (JAP), o americano encara Mikuru Asakura em luta de exibição de boxe no evento em parceria do ‘The Money Team’, sua equipe, com o RIZIN FF, organização de MMA asiática. Requisitado para atuar nos ringues, o veterano já projeta repetir um duelo grandioso e valioso na próxima temporada.

Em entrevista ao site ‘Sportsmail’, Mayweather surpreendeu e revelou que uma nova luta contra Conor McGregor pode acontecer. E, de acordo com o ícone do boxe, o possível confronto já está sendo negociado pelas partes para 2023. Vale destacar que o encontro entre os rivais marcou os esportes de combate para sempre porque colocou frente a frente a estrela da nobre arte e o astro do MMA e também pela quantidade de ‘pay-per-views’ vendidos. Ainda segundo o americano, o duelo com Conor, caso seja realizado, deve ter caráter de exibição e não para valer, como o ocorrido em 2017 e que terminou com sua vitória por nocaute no décimo round.

“Quero ir lá neste fim de semana e me divertir. Depois, tenho outra exibição em Dubai, em novembro, e eu e McGregor em 2023. Não sabemos se vai ser uma exibição ou uma luta real. Mas houve conversas de ambos. Eu preferiria uma exibição. Não gosto de lutas em que vou receber qualquer dano real. Então, caras como McGregor e que não batem forte, como youtubers ou caras do UFC, eu realmente não me importo de colidir com esses tipos de indivíduos, mas nada de me colocar em uma posição onde vou me machucar”, declarou o veterano.

A luta de boxe entre Conor McGregor, ex-campeão do UFC, e Floyd Mayweather, estrela da nobre arte, foi uma das mais midiáticas da história dos esportes de combate. Apesar da diferença de experiência nos ringues, o astro irlandês bem que tentou assustar o adversário no início do duelo, mas, aos poucos, se cansou. Assim, ‘Money’ tomou conta do confronto e, com o oponente sem forças, nocauteou no décimo round. O embate foi tão especial, que representou a 50ª vitória do americano na modalidade.

Mais em Notícias