Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Masvidal ignora desafio feito por Jake Paul e faz alerta: “Você tem problemas vindo”

Jake Paul luta boxe, neste domingo (29), em Cleveland (EUA), contra Tyron Woodley, mas já procura novos desafios. Após reprovar uma declaração dada por Jorge Masvidal sobre seu combate contra o ex-campeão do UFC, o youtuber resolveu desafiá-lo para um encontro no ringue. No entanto, imediatamente, o dono do cinturão ‘BMF’ (lutador mais durão) do Ultimate frustrou os planos do astro da internet.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Masvidal fez pouco caso do desafio lançado por Jake e negou qualquer possibilidade de enfrentá-lo. Tudo começou quando ‘Gamebred’ apostou na vitória de Woodley sobre o youtuber. Ao tomar conhecimento da posição do ‘bad boy’, o astro da internet informou que se sentiu traído.

A relação entre Jake e Masvidal era boa. Vale lembrar que o meio-médio (77 kg) do UFC foi um dos parceiros de treino do youtuber para sua luta de boxe contra Ben Askren. No entanto, o veterano é amigo e parceiro de treino de longa data de Woodley. Mesmo assim, o profissional ainda aconselhou o astro da internet a focar no combate contra ‘The Chosen One’, pois este é um duro e perigoso obstáculo que terá pela frente.

“Acho que isso significa que você vai parar de me procurar agora nas redes sociais para sair e treinar. Não se preocupe comigo. Você tem um punhado de problemas vindo em sua direção”, escreveu Masvidal em sua conta oficial no ‘Twitter’.

Jake Paul, de 24 anos, está iniciando sua carreira no boxe e, até o momento, seus resultados nos ringues são satisfatórios. O youtuber realizou três lutas e venceu todas por nocaute. Em boa fase, a celebridade aproveitou para divulgar uma lista com o nome de seus principais alvos, como Conor McGregor, Kamaru Usman, Nate e Nick Diaz, Saúl ‘Canelo’ Álvarez, entre outros.

Tyron Woodley, de 39 anos, viveu altos e baixos no MMA. O americano se tornou campeão dos meio-médios do UFC ao nocautear Robbie Lawler, em 2016, e defendeu o cinturão em quatro oportunidades. No entanto, o atleta entrou em má fase ao perder o título da categoria para Kamaru Usman, em 2019. Na sequência, o veterano sucumbiu contra Gilbert ‘Durinho’, Colby Covington, Vicente Luque e foi liberado pela organização. Agora, o profissional terá a chance de revitalizar sua carreira no boxe.

Mais em Notícias