Siga-nos
Diego Ribas/PXImages

Notícias

Masvidal cita fator determinante para vencer Usman e já mira trilogia pelo título

No próximo dia 24 de abril, Jorge Masvidal vai ter novamente uma chance de conquistar o cinturão dos meio-médios (77 kg) do Ultimate. O americano reencontra Kamaru Usman, seu último algoz e campeão da divisão, na luta principal do UFC 261, evento que será realizado na Flórida (EUA). Com a proximidade do confronto, o competidor recordou o primeiro embate entre eles e adiantou que a história será diferente dessa vez.

Em julho de 2020, Masvidal entrou com uma semana de antecedência para encarar Usman, após Gilbert ‘Durinho’, rival inicial do nigeriano, contrair COVID-19 e sair do confronto. Por isso, o americano, em sessão de perguntas e respostas na ‘ESPN’ americana, destacou as diferenças no camp que podem pesar a seu favor para o duelo.

“Não vou cortar nove quilos – principalmente de água – em seis dias (desta vez). No momento, eu tenho quatro, quatro quilos antes de atingir 77 kg, então é um corte completamente diferente. Acho que esse será o fator determinante”, afirmou.

Com a confiança em alta de que vai conquistar o cinturão do Ultimate, Masvidal já adiantou seus planos para a sua primeira defesa de título da categoria. De acordo com o americano, sua meta é resolver todas as pendências possíveis com Usman.

“Quando eu vencer a revanche, definitivamente iremos para a trilogia. Não vou ficar empatado com este indivíduo. Isso simplesmente não vai acontecer”, afirmou.

Jorge Masvidal foi alçado ao estrelato após superar de forma contundente Darren Till, Ben Askren e Nate Diaz, respectivamente, em 2019, se tornando um dos lutadores mais populares do plantel do UFC. O americano não se apresenta no octógono desde a derrota sofrida para Kamaru Usman, em confronto válido pelo título da divisão, em julho de 2020.

Mais em Notícias