Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Lenda do MMA concorda com aposentadoria de Khabib: “Teria perdido”

Khabib Nurmagomedov anunciou sua aposentadoria do esporte em outubro de 2020 e, desde então, parte da comunidade do MMA lamentou a decisão tomada por ele. Tanto que uma parcela dos fãs de MMA ainda torce e pede para que o russo volte à ação. Contudo, Demetrious Johnson mostra ter outra visão em relação ao afastamento do ex-campeão do peso-leve (70 kg) do UFC.

Na visão de boa parte da comunidade do MMA, como é o caso de Dana White, Khabib, de 33 anos, ainda tem lenha para queimar no esporte e, por isso, a aposentadoria do mesmo é considerada como uma espécie de desperdício, já que este tem total capacidade de seguir no UFC atuando em alto nível e sendo um campeão dominante e implacável. Mas, em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Demetrious nadou contra a maré e destacou que, em seu entendimento, ‘The Eagle’ não se retirou da modalidade cedo e sim na hora certa.

Segundo o antigo rei do peso-mosca (57 kg) do Ultimate, como o MMA apresenta constante evolução, atletas da nova geração e cada vez mais gabaritados surgem para ameaçar os grandes nomes do esporte. Sendo assim, Demetrious cravou que, se Khabib permanecesse na modalidade, mas sem a paixão necessária para seguir no topo, cedo ou tarde, seria superado. Vale destacar que o russo se aposentou invicto, com 29 vitórias, praticamente sem sofrer danos em combate e saiu de cena porque prometeu para a própria mãe que, após a morte do pai, cuidaria da família.

“Quanto mais tempo você passa neste esporte, suas chances aumentam, de você ser nocauteado. Khabib saiu ileso. O que, 29-0? Se Khabib continuasse lutando, teria perdido. Se Jones continuar lutando, eventualmente vai encontrar alguém que vai vencê-lo. Esse é o ciclo. O mesmo com Floyd Mayweather. Se ele tivesse continuado a lutar com boxeadores de elite, na idade dele, ele poderia continuar a vencer, mas, provavelmente, perderia”, declarou o ex-campeão do UFC.

Khabib Nurmagomedov, de 33 anos, se aposentou sendo considerado por parte da comunidade do MMA um dos melhores e mais dominantes lutadores da história do esporte. Em sua carreira, o russo disputou 29 lutas, venceu todas e defendeu o título do peso-leve do UFC em três oportunidades. Os triunfos de maior destaque do ex-campeão da companhia foram sobre Al Iaquinta, Conor McGregor, Dustin Poirier, Edson Barboza, Gleison ‘Tibau’, Justin Gaethje, Michael Johnson e Rafael dos Anjos.

Mais em Notícias