Siga-nos
Triller/Divulgação

Notícias

Jake Paul nega acusações de agressão sexual feitas por estrela do ‘TikTok’

O youtuber Jake Paul virou protagonista de mais um episódio polêmico, desta vez no âmbito pessoal, ao ser acusado por Justine Paradise de praticar agressão sexual. Em vídeo postado pela estrela do ‘TikTok’ na última semana, ela detalha o episódio que teria acontecido em 2019. Ao tomar conhecimento da posição da ‘digital influencer’, Jake negou de forma veemente seu envolvimento no caso e se pronunciou a respeito.

Tudo começou quando a estrela do ‘TikTok’ divulgou o vídeo em seu canal no ‘YouTube’ expondo Jake. Nele, Justine informou que o youtuber a forçou a praticar sexo oral na casa dele, em julho de 2019. De acordo com a influencer, o agora boxeador a beijou antes de chegarem ao quarto, local em que os avanços continuaram contra sua vontade. Apesar da revelação bombástica, Justine não levou o episódio às autoridades policiais. Já na última terça-feira (13), Jake utilizou suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui) para emitir uma longa nota de esclarecimento sobre o caso.

Além de negar a acusação feita por Justine, o youtuber garantiu que jamais praticou qualquer tipo de maldade contra as mulheres. Inconformado, ele indicou que vai processar a estrela do ‘TikTok’, afirmando que ele é, de fato, a vítima nesta história. De acordo com o americano, a acusação foi premeditada com a intenção de tirar proveito de seu nome. Vale lembrar que Jake é manchete nos esportes de combate por conta de sua luta de boxe contra Ben Askren, que acontece neste sábado (17), em Atlanta (EUA).

“Acusações de agressão sexual não são algo que eu ou qualquer pessoa deva tomar levianamente, mas, para ser bem claro, essa alegação é 100% falsa. Nunca tive qualquer relacionamento sexual com essa pessoa. Essa afirmação é apenas uma acusação fabricada, uma tentativa de chamar a atenção durante uma semana de luta altamente visível. Não se engane, pretendo levar adiante esse caso de difamação de caráter em toda a extensão da lei. Há danos irreparáveis ​​nesse tipo de acusação e, mais importante, alegações falsas dessa natureza diminuem aqueles que realmente foram vítimas de má conduta”, escreveu Jake Paul, antes de completar,

“Essa pessoa está usando a atenção de suas postagens na mídia social para promover seu site de conteúdo adulto. Essas alegações vêm de forma conveniente para ela, quase dois anos após o suposto incidente e na semana da minha luta. Na época da história dela, eu estava em um relacionamento. Respeito as mulheres e as mães mais do que qualquer coisa. Certamente, nunca encostei o dedo em uma garota sem seu consentimento. Vou lutar até o fim para provar minha inocência. Esta não é a primeira alegação absurda feita contra mim em minha carreira e, provavelmente, não será a última. Como alguém que viveu nos holofotes desde os 16 anos, lidar com mentirosos, notícias e acusações falsas, infelizmente, faz parte do trabalho”, concluiu.

Jake Paul está iniciando sua carreira no boxe e, até o momento, seus resultados no ringue são satisfatórios. O youtuber realizou duas lutas e venceu ambas por nocaute. Confiante em suas habilidades, a celebridade já adiantou que, após nocautear Ben Askren, vai perseguir Conor McGregor, Nate Diaz e até mesmo um duelo contra Floyd Mayweather.

Mais em Notícias