Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Gaethje acusa McGregor de usar esteroides: “À procura de competição justa”

A forma física de Conor McGregor, aliada ao fato de que o astro irlandês é o único lutador ativo do plantel do UFC – com exceção dos que foram contratados após o dia 1º de agosto –  que não foi testado pela USADA (agência de antidoping americana) nesta temporada tem dado o que falar. Após sofrer acusações de Henry Cejudo, ‘Notorious’ voltou a ser alvo – desta vez de Justin Gaethje, que o acusou de fazer uso de esteroides.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, o peso-leve (70 kg) americano insinuou que McGregor aproveitou o período sem testes antidoping para fazer uso de substâncias de ganho de performance. ‘Highlight’, como é conhecido, destacou que só se interessaria em encarar o astro irlandês em um possível retorno ao esporte em condições iguais de competição.

“Parece, para mim, que ele está tomando esteroides agora. Ele não é testado pela USADA há um bom tempo. Estou à procura de uma competição justa. Se ele está usando esteroides, então me dê esteroides também, topo isso. Minha saúde é o principal, nunca tomei nenhuma droga de aumento de performance, e não quero lutar com pessoas que usam isso”, afirmou Justin, antes de possivelmente atrelar o uso ilícito ao tratamento da lesão de Conor.

“Nem sei como isso, de esteroide, funciona. Creio que tenha certas janelas, então ele pode voltar estando limpo (no futuro). Mas o fato dele não ter sido testado ultimamente me indica que ele está usando esteroides, seja para curar a perna dele ou não”, completou o norte-americano.

Sem competir há mais de um ano, quando lesionou gravemente a perna em combate contra Dustin Poirier, Conor planeja voltar à ativa em 2023. Ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve do Ultimate, o falastrão ainda não definiu qual será seu foco em um eventual retorno ao MMA.

Mais em Notícias