Siga-nos

Notícias

Floyd e Pacquiao trocam farpas na internet e rumores de revanche crescem

Floyd Mayweather não perdeu a chance de provocar Manny Pacquiao – Diego Ribas

Uma das maiores rivalidades da história do boxe está de volta. No último sábado (20), Manny Pacquiao mostrou que mesmo aos 40 anos ainda tem gás de sobra dentro dos ringues ao vencer o até então invicto Keith Thurman. O confronto sediado na ‘MGM Arena’, em Las Vegas (EUA), contou com a presença de um de seus maiores adversários: Floyd Mayweather – que aproveitou o momento para provocar o pugilista filipino.

Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), ‘Money’, como é conhecido, alfinetou Pacquiao ao compartilhar uma foto do confronto entre os dois em 2015 – quando o americano venceu por decisão unânime. O registro, acompanhado de uma legenda apimentada, é do exato momento em que Floyd conecta um golpe certeiro em Manny.

“Acho engraçado que toda vez que o nome do Pacquiao surge na mídia, sempre atrelam meu nome junto. O legado inteiro desse cara foi construído associado ao meu nome. Durante anos ouvi que: ‘Floyd está com medo do Pacquiao’. Mas curioso que quando nós finalmente nos enfrentamos, ganhei de forma tão fácil que fiz todo mundo comer as palavras!”, escreveu Money, em um passagem da legenda, antes de receber uma resposta de seu rival.

“Você vem até a minha luta e usa o meu nome em um post e eu que quero me manter relevante? Se você quer se tornar relevante de novo, revanche”, retrucou o filipino.

A troca de farpas não parou por aí. Provocativo e ‘fanfarrão’ como de costume, Mayweather não deixou barato e aproveitou para fazer outra publicação. Assim como na anterior, o americano compartilhou outra foto sua atingindo o rosto de Manny. A legenda, por sua vez, teve um tom diferente. Floyd ironizou a quantia que o filipino embolsa nas lutas ao comparar o rendimento com os seus próprios lucros.

“Vamos nos ater aos fatos! Resumindo, eu ganho mais dinheiro que você. Eu te venci e depois te contratei. Na nossa luta estava apenas te supervisionando, meu empregado, como todo chefe faz. Você ganhou 10 milhões de dólares por 12 rounds. Eu fiz 9 milhões de dólares em menos de 3 minutos brincando em uma luta de exibição. Te venço mentalmente, fisicamente e financeiramente. Você luta por necessidade, eu luto quando eu quero”, provocou Floyd.

“Desculpe Floyd, seu nome não está em nenhum dos meus contratos. Mas se você quiser figurar no próximo, eu mando fazer um e te envio”, respondeu Pacquiao.

Apesar dos nervos acalorados, um confronto entre as duas lendas do boxe ainda é algo distante, já que Mayweather já anunciou sua aposentadoria dos ringues. Resta agora saber se o americano está disposto a calçar as luvas novamente por uma boa quantia em uma revanche que atrairia os olhos dos fãs ao redor do mundo.

 

View this post on Instagram

 

I find it real ironic how every time Pacquiao’s name is brought up in the media, my name is always attached to it. This man’s entire legacy and career has been built off its association with my name and it’s about time you all stop using my brand for clout chasing and clickbait and let that man’s name hold weight of its own. For years, all you heard was that ” Floyd is afraid of Manny Pacquiao”. But what’s funny is, when we finally fought, I won so easily that everyone had to eat their words! All of the so called boxing experts, critics and jealous American “fan base” either went mute and ran for cover or made every excuse in the world as to why I should give Manny Pacquiao a rematch. My take on all this bullshit is that y’all are just upset that I broke Rocky Marciano’s record and hate the fact that a Black, high school dropout outsmarted you all by beating all odds and retiring undefeated while maintaining all my faculties simply by making smart choices and even smarter investments. Ultimately, I will always have the last laugh!

A post shared by Floyd Mayweather (@floydmayweather) on

Mais em Notícias