Siga-nos
Reprodução/Instagram

Notícias

Ex-lutador de MMA é morto a tiros após briga doméstica nos Estados Unidos

O mundo do MMA foi pego com mais uma triste notícia nesta semana. Na última segunda-feira (5), o veterano Tyler East, irmão do ex-UFC Cody East, foi morto a tiros no estado do Novo México (EUA). A informação foi divulgada pelo canal de TV ‘KOB4’ com base nos registros policiais locais.

De acordo com os documentos, Tyler foi encontrado morto após a polícia receber uma ligação denunciando uma briga doméstica com sua namorada. Os policiais informaram que o ex-lutador atirou em sua parceira, a arrastou para fora da casa e acabou baleado por um homem, também presente na residência. Quando os oficiais chegaram ao local, encontraram o corpo no chão e uma mulher baleada, que foi levada ao hospital. Atualmente, seu estado de saúde é estável. Já o indivíduo que atirou em Tyler fugiu da cena do crime. A investigação do caso segue em andamento.

Nos últimos anos, Tyler, constantemente, se envolveu em problemas com a lei. Em 2009, o ex-lutador foi acusado de bater em um colega na aula de ginástica. Como o americano não contestou a acusação de agressão agravada de terceiro grau, foi condenado a três anos de liberdade condicional, que violou ao usar uma identidade falsa. Em 2012, Tyler foi preso novamente por acusações de violência doméstica. Sua ex-namorada da época alegou que o mesmo estava sob efeito de cocaína e a agrediu. Ele foi indiciado sob acusações de sequestro, roubo, agressão e suborno de uma testemunha.

A carreira de Tyler East no MMA se iniciou em 2009 e terminou em 2016. O ex-lutador disputou 22 combates, venceu 15, perdeu seis e um terminou em no-contest. Ao longo de sua trajetória na modalidade, ‘The Beast’ treinou na renomada academia ‘Jackson Wink MMA Academy’, localizada no Novo México (EUA) e integrou organizações conhecida como o Bellator e Legacy.

Mais em Notícias