Siga-nos
Reprodução/Instagram

Notícias

Estrela do boxe, Lomachenko se alista no exército para defender Ucrânia na guerra

Vasiliy Lomachenko é outro grande nome dos esportes de combate que mostra todo seu amor pela Ucrânia em um dos períodos mais complicados de sua história. Recentemente, Oleksandr Usyk, os irmãos Vitali e Wladimir Klitschko e Yaroslav Amosov se alistaram ao exército para defender o país da invasão russa e, agora, foi a vez do bicampeão olímpico de boxe ir para a guerra.

Em registro que circula nas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Lomachenko aparece vestindo o uniforme do exército ucraniano, pronto para entrar em ação. Vale lembrar que Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia, convocou todos os homens para a guerra contra a Rússia e permitiu a população utilizar armas para se defender dos ataques. Disposto a proteger seu país na dura e violenta batalha, a estrela do boxe postou uma oração em sua conta oficial no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui).

“Oração pela paz do mundo inteiro e pela iluminação dos povos da Terra. Senhor, conceda a tua paz ao teu povo. Senhor, conceda aos teus servos o teu Espírito Santo, para que ele aqueça seus corações com teu amor e os guie em toda verdade e bondade. Senhor, lhes conceda a tua graça, para que em paz e amor te conheçam, amem e digam, como os apóstolos: “É bom para nós, Senhor, estarmos contigo”. Aqueça os corações tristes das pessoas, que elas te louvem com alegria, se esquecendo das tristezas da terra. Bom consolador, te peço em lágrimas que consoles as almas tristes do teu povo. Que todos os teus povos compreendam o teu amor e a doçura do Espírito Santo, que as pessoas esqueçam a dor, que deixem tudo de ruim e se apeguem a ti com amor, que vivam em paz, fazendo a tua vontade para a tua glória”, escreveu o boxeador.

Vasiliy Lomachenko, de 34 anos, é um dos principais nomes em atividade na nobre arte. Em seu cartel profissional, o ucraniano disputou 18 lutas, venceu 16, sendo 11 por nocaute, e perdeu duas vezes. O atleta conquistou as medalhas de ouro no boxe nas Olimpíadas de Beijing, na China, em 2008, pelo peso-pena, e nos Jogos Olímpicos de Londres (ING), em 2012, pelo peso-leve.

Mais em Notícias