Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Notícias

Derek Brunson lança campanha e doa R$ 50 mil para despesas legais de Cain Velasquez

A cada dia que passa, mais membros da comunidade das lutas saem em defesa de Cain Velasquez e pedem pela sua liberdade. Desta vez quem se solidarizou com o drama vivido pelo ex-campeão peso-pesado do UFC foi o peso-médio (84 kg) Derek Brunson, que lançou uma campanha para arrecadar fundos que terão como destino a família do lutador, a fim de ajudar no pagamento das despesas legais do processo.

Em seu site, o lutador do UFC colocou à venda camisas personalizadas com os dizeres ‘Free Cain Velasquez’ (‘Libertem Cain Velasquez’, em português), pelo preço de 28 dólares (cerca de R$ 140,00), com 50% do valor arrecado sendo destinado à família do ex-campeão. Na última sexta-feira (veja abaixo ou clique aqui), Brunson utilizou sua conta no ‘Twitter’ para prestar contas e mostrar que, com o resultado alcançado na primeira leva das vendas, a esposa de Cain receberá 10 mil dólares (aproximadamente R$ 50 mil).

“Como pai, eu te entendo, Cain. A comunidade do MMA te apoia! 10 mil (dólares) em dois dias e meio enviados à esposa dele”, escreveu Brunson na publicação.

Cain Velasquez foi preso na última segunda-feira (28), na Califórnia (EUA), após supostamente abrir fogo contra um veículo ocupado por três pessoas, das quais uma delas seria um homem chamado Harry Eugene Goularte, acusado de abusar sexualmente de um familiar próximo do ex-campeão do UFC. Ainda detido e sem direito a fiança, Velasquez enfrenta múltiplas acusações, entre elas a de tentativa de assassinato, e, caso seja condenado, pode pegar até mesmo prisão perpétua.

Mais em Notícias