Siga-nos
Pranay Dutt

Notícias

Dan Hooker planeja roubar ‘hype’ de Michael Chandler para se consolidar no UFC

O UFC 257 será protagonizado pela revanche entre Conor McGregor e Dustin Poirier, mas outro duelo válido pelo peso-leve (70 kg) também se destaca na atração. No dia 23 de janeiro, Dan Hooker e Michael Chandler vão se enfrentar na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), e o combate pode alterar a parte de cima do ranking da categoria. Essa será a estreia do ícone do Bellator na organização de Dana White, que já é considerado uma ameaça na divisão por boa parte dos fãs. Ao saber da expectativa da comunidade do MMA em relação a chegada de ‘Iron’, o número seis no ranking da classe opinou a respeito.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Hooker não se mostrou incomodado com a fama que Chandler possui no esporte. Pelo contrário, o próprio atleta indicou que o ‘hype’ em torno do ex-campeão do peso-leve do Bellator é algo benéfico para o encontro e destacou que vencer um nome como este vai consolidá-lo no cenário da divisão. O neozelandês também analisou o confronto, citou o ponto forte do adversário e informou que aguarda a luta com ansiedade.

“Chandler apareceu no meu radar quando o colocaram como reserva para a luta pelo cinturão, como o cara que ia receber a chance, se algo acontecesse com Khabib ou Gaethje. Uma vitória sobre Chandler, fico com o lugar dele. Ganhou todo o hype que ele possui e me coloco de volta na disputa pelo título. Ele tem uma boa mão direita. Existem muitas semelhanças entre ele, Iaquinta e Felder. Só acho que ele é muito mais explosivo e é muito mais rápido em encurtar a distância. Ele começa incrivelmente rápido. No primeiro round, Chandler realmente vai tentar arrancar sua cabeça, o que é emocionante e uma boa notícia para mim”, declarou Hooker.

Dan Hooker, de 30 anos, é considerado por boa parte dos fãs e da imprensa especializada um dos atletas mais empolgantes dentro do octógono. No UFC, o atleta disputou 15 lutas, venceu 10, sendo oito por nocaute/finalização, e perdeu outras cinco. Atualmente, o neozelandês se encontra na sexta posição no ranking do peso-leve. Sua última aparição aconteceu em junho, quando foi derrotado por Dustin Poirier em uma verdadeira batalha.

Mais em Notícias