Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Comentarista do UFC revela o que pode tirá-lo da aposentadoria para voltar a lutar

Veterano do UFC, Paul Felder anunciou sua aposentadoria do MMA em maio, mas não conseguiu abandonar o esporte por completo. Atualmente, o americano exerce a função de comentarista da companhia, porém dá indícios de que pode voltar a atuar no octógono mais famoso do mundo. Tanto que ‘The Irish Dragon’ revelou quais propostas o fariam repensar sua decisão de se afastar e confirmar uma nova luta em sua carreira.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Felder, que atuou pela última vez no esporte em novembro de 2020, abriu o jogo e confessou que não teria como recusar um duelo contra Conor McGregor devido ao seu estilo agressivo no octógono que, assim como ele se destaca pela trocação, e pelas cifras que o mesmo gera. Vale lembrar que, no passado, a dupla já discutiu por conta do apelido do veterano.

Como Felder é conhecido como ‘The Irish Dragon’ no MMA, McGregor reclamou, já que o profissional não é irlandês e sim americano. Na época, o veterano respondeu, mas o UFC ignorou o desentendimento. Outra oferta que poderia balançar o ex-lutador seria a organização lhe oferecer uma vaga para atuar no mesmo evento com a presença de seus amigos e parceiros de treino. Apesar de flertar com uma possível volta à ação, o atleta deixou claro que buscaria apenas protagonizar duelos divertidos e empolgantes para os fãs.

“Existem dois cenários. Obviamente a ‘luta pelo dinheiro. Por alguma razão, se McGregor simplesmente me odiar de novo e quiser lutar comigo, tudo bem. Vou colocar as velhas luvas de MMA para voltar, mudar minha vida e lhe dar uma lição, mas fora isso, não. O outro foi Sean Brady me mandando uma mensagem, perguntando se eu sairia da aposentadoria para lutar no ‘Wells Fargo’ com os caras”, declarou Felder, antes de completar.

“Agora, temos oito caras da Filadélfia ou pelo menos perto no UFC. Andre Petroski, os irmãos Daukaus, Jeremiah Wells, Pat Sabatini, Brady, Bill Algeo é da área da Pensilvânia. Isso seria difícil de recusar, mas não sei quando eles voltariam para o Wells Fargo e com quem eu lutaria. Eu tenho mais cinco lutas, pelo menos fisicamente, em mim. Só não tenho mais o fogo, o frio na barriga, então estava na hora (de parar). Foram quatro anos excelentes e sinto que estou apenas começando com os comentários, espero”, concluiu.

Em sua despedida do MMA, realizada em novembro de 2020, Paul Felder, de 37 anos, foi derrotado por Rafael dos Anjos. O veterano estreou no UFC em 2014 e finalizou sua passagem pela empresa seis anos depois. Nela, ‘The Irish Dragon’ disputou 15 lutas, venceu nove e perdeu seis vezes. Seus triunfos de maior destaque foram contra Charles ‘Do Bronx’ e Edson Barboza.

Mais em Notícias