Siga-nos

Notícias

Bruno Gazani estreia com vitória no Glory 70; holandês conquista cinturão interino

Bruno Gazani estreou com vitória sobre Michael Palandre no Glory 70 – Divulgação

No último sábado (26), o peso-leve (70 kg) Bruno Gazani venceu Michael Palandre, em combate válido pelo card do Glory 70, realizado em Lyon (FRA). O kickboxer brasileiro, que fazia sua estreia na organização, conquistou o triunfo após dura batalha contra o francês, em decisão dividida dos juízes. Já na luta principal do evento, o holandês Murthel Groenhart faturou o cinturão interino dos meio-médios (77 kg), ao derrotar o americano Troy Jones.

Agressivo desde o início do combate, Bruno apostou nas combinações de ganchos e chutes baixos para conseguir vantagem no primeiro assalto. As ações seguiram equilibradas nas duas parciais seguintes, com bons momentos para ambos os lutadores. O equilíbrio nas ações dividiu os juízes, mas a maior pressão estabelecida pelo brasileiro parece ter sido o suficiente para lhe garantir a vitória por pontos em sua estreia no Glory.

“Estou satisfeito com minha performance. Usamos muita coisa do que treinamos, e isso sempre reforça a sensação de dever cumprido. Quero voltar ao ringue do Glory o mais rápido possível para provar que o Brasil agora tem um nome de peso entre os leves da organização”, declarou Gazani.

Pela luta principal do evento, Murthel Groenhart derrotou Troy Jones por nocaute técnico e, com o resultado, conquistou o cinturão interino peso-meio-médio do Glory. O holandês – que inicialmente enfrentaria o campeão linear da categoria Cedric Doumbe, afastado por lesão – aproveitou o pouco tempo que o rival teve para se preparar para dominar grande parte do duelo e, com uma sequência de socos e joelhadas, finalizar a disputa no segundo round.

Confira os resultados oficiais do Glory 70:             

Murthel Groenhart venceu Troy Jones por nocaute;
Donovan Wisse venceu Jason Wilnis por decisão unânime;
Zakaria Zouggary venceu Abdellah Ezbiri por nocaute;
Bruno Gazani venceu Michael Palandre por decisão dividida;
Nordine Mahieddine venceu Kirill Kornilov por decisão dividida;
Matej Penáz venceu Yassine Ahaggan por nocaute;
Jamie Bates venceu Vedat Hoduk por decisão unânime;
Mohammed Hendouf enceu Guerric Billet por decisão dividida;
Thong Fairtex venceu Masaya Kubo por decisão unânime;
Cedric Do venceu Mehdi Kadapor por nocaute;
Anaelle Angerville venceu Maria Lobo por decisão unânime;
Said Ahamada venceu Yoann Mermoux por decisão unânime.

Mais em Notícias