Siga-nos

Notícias

Brock Lesnar é acusado de assédio sexual por ex-estrela da WWE

Brock Lesnar foi campeão peso-pesado do UFC e da WWE – Diego Ribas

Em meio ao movimento ‘Speaking Out’, que incentiva que vítimas de assédio sexual tornem seus casos públicos, diversos atletas de pro wrestling tem sido acusados de agressão sexual, psicológica e física por suas colegas e até mesmo fãs. Nesta semana, o novo nome exposto foi o de Brock Lesnar, um dos grandes astros da WWE (liga de telecatch americana). Ao podcast ‘KEE on Sports’, Terri Runnels – ex-musa da modalidade – revelou que foi vítima de abuso sexual por parte de Brock Lesnar, ídolo das lutas ensaiadas e ex-campeão peso-pesado do UFC.

De acordo com Runnels, durante a primeira passagem de Lesnar pela WWE, o lutador teria mostrado seu órgão genital para ela em um vestiário. A ex-estrela da companhia, que atuou entre 1996 e 2004, ainda destacou que o americano tomou essa atitude ciente de que não haveria consequências, já que a entidade planejava coroá-lo como próximo detentor do cinturão, prática comum no pro wrestling, onde as lutas são simuladas mediante a um cenário anteriormente decidido.

“Não tenho muito respeito por Brock (Lesnar), eu não acho que Brock respeita os fãs de wrestling. Brock fez algo que se fosse nos dias de hoje… você sabe. Ele me mostrou seu pênis. Chamou pelo meu nome enquanto eu passava por onde ele estava no vestiário e abriu sua toalha para que eu pudesse ver suas partes. Gostaria que ele não fosse tão desrespeitoso com uma mulher que está nesse negócio há tanto tempo quanto eu”, revelou Terri Runnels, antes de continuar.

“Ele sabia que teria muito poder, que lhe dariam o cinturão, mas naquele momento, eu estava nesse negócio há muito tempo. Sou uma pessoa respeitada e o que ele fez foi muito, muito errado. Do ponto de vista do respeito, do ponto de vista do assédio sexual, estava errado”, apontou a ex-lutadora.

Esta não é a primeira vez em que Runnels toca nesse assunto. Durante uma entrevista em 2004, a ex-estrela da WWE já havia compartilhado sua história e acusado Brock Lesnar de assédio sexual. Agora, com mais casos noticiados, o relato da americana ganha força novamente.

Após a avalanche de acusações por parte de atletas do plantel feminino do presente e do passado, a WWE divulgou um comunicado na semana passada: “Levamos qualquer alegação dessa natureza muito a sério e estamos investigando o assunto”.

Mais em Notícias