Siga-nos
Diego Ribas

Notícias

Ben Askren freia empolgação sobre Khamzat Chimaev: “Não sei o que esperar dele”

Com duas vitórias categóricas em suas primeiras apresentações pelo UFC, sendo ambas no intervalo de dez dias, Khamzat Chimaev chamou a atenção do mundo do MMA e passou a ser visto como uma promessa de futura estrela da companhia. Além do talento demonstrado dentro do octógono, a postura destemida e confiante do lutador naturalizado sueco com o microfone nas mãos também contribuíram para que o ‘hype’ em cima dele fosse quase instantâneo.

No entanto, nem todos os membros da comunidade das lutas parecem convencidos do potencial de Chimaev, pelo menos não completamente. Ao ‘Submission Radio’, Ben Askren – ex-campeão meio-médio (77 kg) do Bellator e do ONE Championship – optou por frear a empolgação em cima da jovem promessa. De acordo com o americano, a frágil competição enfrentada pelo lutador de origem chechena no UFC ainda não lhe garante o status de futura estrela.

“A parte difícil disso é que nós o vimos duas vezes no UFC. Mas o primeiro cara que ele enfrentou, John Phillips, ele está 1-4 (uma vitória e quatro derrotas) no UFC. Então, ele foi bastante mal sucedido. E o segundo cara que ele enfrentou era uma nova adição ao plantel do UFC. Então, Chimaev não ganhou uma luta do UFC. E é tipo, ok, ele definitivamente amassou esses caras, não existe dúvidas sobre isso, mas esses caras são do mesmo nível de competição que Gerald Meerschaert? E a resposta para isso é não, eles definitivamente não são”, ponderou Ben Askren, antes de completar.

“Então, às vezes, as pessoas podem parecer ótimas contra caras que não são tão bons, e depois quando eles encontram um pouco de competição, isso fica muito mais difícil. Eu realmente não sei o que esperar de Chimaev. Eu sei que Gerald é muito bom. Ele é realmente duro. Mas, sim, eu ainda não sei sobre Chimaev”, concluiu o lutador aposentado.

Invicto após oito lutas disputadas, sendo duas pelo Ultimate, Khamzat Chimaev encara Gerald Meerschaert neste sábado (19), pelo card principal do UFC Las Vegas 11. Caso supere mais este desafio sem se lesionar, o sueco naturalizado deve encarar o veterano brasileiro Demian Maia em algum dos cards previstos para acontecer na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), como adiantou o presidente da liga, Dana White.

Mais em Notícias