Siga-nos

Vídeos

Belfort revela volta ao peso-pesado e adianta possível rival da estreia no ONE

Vitor Belfort já foi campeão do Ultimate – Leandro Bernardes/PxImages

Sem lutar desde maio de 2018, Vitor Belfort ainda vai precisar esperar mais um tempo para fazer sua estreia no ONE Championship. Apesar do brasileiro ter iniciado negociações para sua luta, a pandemia de coronavírus deve atrasar mais um pouco o retorno do ‘Fenômeno’ aos cages. No entanto, o lutador adiantou qual seria o nome que a franquia estaria trabalhando para ele encarar e também anunciou seu retorno à categoria do peso-pesado.

Em entrevista ao vivo pelo ‘Youtube’ à reportagem da Ag. Fight (clique aqui ou veja abaixo), o ex-campeão do UFC admitiu que estava conversando junto à organização de fazer seu primeiro combate em abril deste ano, mas os planos foram adiados. Para isso, inclusive já teria sido oferecido o nome de um peso-pesado que chamou a atenção de Vitor.

“Agora estamos aguardando, a gente já estava falando de uma possível luta contra um peso-pesado e esperamos que possamos voltar o mais rápido possível. Estava pensando em lutar em abril, era a data que a gente estava esperando, mas o coronavírus deu uma adiada em tudo”, disse o brasileiro, antes de revelar quem seria o lutador em questão.

“Falamos alguns nomes, mas tem um peso-pesado, Alain Ngalani, um grandão e fortão. Ele é bem flexível, bem forte. Falaram de uma possível minha luta contra ele”, completou o carioca.

Esse duelo também marcaria o retorno de Belfort ao peso-pesado. No início da carreira, o atleta se aventurou nessa divisão e, inclusive, venceu o GP do UFC nessa classe. O carioca destacou a saudade de encarar rivais maiores e acredita que ele pode aliar sua velocidade e explosão, com a potência dos seus golpes para se sair bem novamente na categoria.

“Com minha velocidade e explosão, eu tenho muita vantagem no peso-pesado. Nos meio-pesados (93 kg) e pesos-médios (84 kg) existem lutadores com mais habilidade. No peso-pesado são lutadores com pegada forte, com força, mas acho que eu tenho a velocidade e a força ao meu lado. É uma categoria que sempre me saí bem. Tenho vontade de lutar contra novamente contra um cara mais pesado que eu”, completou o ‘Fenômeno’.

Aos 43 anos, Vitor Belfort estreou no MMA profissional em 1996 e se manteve ativo até maio de 2018, data de sua última luta pelo Ultimate. Em sua derradeira apresentação, o ex-campeão foi nocauteado por Lyoto Machida, no UFC 224, realizado no Rio de Janeiro. Ao todo, o lutador carioca acumula 26 triunfos, 14 reveses e um ‘no contest’ (luta sem resultado) no seu cartel.

Mais em Vídeos