Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

Notícias

Aposentado do MMA, Ronaldo ‘Jacaré’ revela plano de migrar para o boxe

Aposentado do MMA desde agosto do ano passado, depois de encerrar sua trajetória no UFC, Ronald ‘Jacaré’ Souza não deve se manter longe dos esportes de combate por muito tempo. O faixa-preta de jiu-jitsu, que recentemente completou 42 anos, está de olho em uma possível aventura no mundo do boxe e, ao que tudo indica, deve fazer sua estreia na modalidade em breve.

Em entrevista ao site ‘Sherdog’, o ex-peso-médio (84 kg) do UFC destacou que, mesmo após a aposentadoria, não foi capaz de deixar para trás a rotina de treinamentos da época de lutador. ‘Jacaré’ ainda revelou que, após focar seus treinos no boxe, recebeu uma oferta para competir na nobre arte. Por ainda não ter assinado o contrato, o capixaba deixou em sigilo o nome do evento e de seu potencial adversário, mas admitiu que está próximo de sacramentar a negociação.

“Eu não consegui me manter longe da minha rotina de treinos. Eu comecei a treinar boxe e recebi uma proposta para lutar que eu gostei. Não posso dizer o nome do evento ainda. O que eu posso dizer é que o meu boxe já está sendo afiado. Apesar de eu ter vindo do jiu-jitsu, eu sempre amei o boxe, e se você assistir minhas lutas de MMA, eu sempre tive mãos pesadas”, revelou ‘Jacaré’.

Mesmo sendo um especialista no jiu-jitsu, modalidade na qual fez história sendo campeão em diversas competições, Ronaldo ‘Jacaré’ se adaptou bem ao boxe e pôde mostrar durante sua carreira no MMA que carregava nos seus golpes bastante potência. Prova disso é que de suas 26 vitórias nas Artes Marciais Mistas, oito delas foram conquistadas via nocaute, apenas seis a menos do que o número de triunfos por finalização.

A última apresentação do veterano no UFC ocorreu em maio do ano passado, quando foi finalizado pela primeira vez no MMA, pelo compatriota André ‘Sergipano’, na edição de número 262 do Ultimate. O revés, quarto seguido do faixa-preta no octógono mais famoso do mundo, marcou a despedida do capixaba da organização, após quase uma década de serviços prestados.

Mais em Notícias