Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

Notícias

Após derrotas consecutivas, ‘Livinha’ Souza deixa de fazer parte do plantel do UFC

Após sofrer duas derrotas consecutivas no octógono mais famoso do mundo, Lívia Souza, a ‘Livinha’, não faz mais parte do plantel de atletas do UFC. A informação foi revelada pela própria lutadora, em sua conta pessoal no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui).

Ex-campeã peso-palha (52 kg) do ‘Invicta FC’, ‘Livinha’ chegou ao Ultimate em 2018 e teve um início de trajetória na organização bastante promissor, vencendo seus dois primeiros compromissos. No entanto, desde então, a brasileira engatou uma sequência onde os resultados negativos se sobressaíram em relação às vitórias, tendo perdido três de seus quatro combates, os dois últimos de forma consecutiva, para Amanda Lemos e Randa Markos.

Curiosamente, sua mais recente algoz também foi desligada do UFC, mesmo com o triunfo. A veterana lutadora iraquiana, que representa o Canadá, encerrou uma sequência de quatro derrotas contra ‘Livinha’, em outubro deste ano, mas não foi o suficiente para convencer a entidade a renovar seu contrato.

“Bom dia, galera! Passando aqui para avisar a vocês que não faço mais parte do UFC. Tive lutas ruins, altos e baixos, muitas lesões e não consegui desempenhar e entregar o meu melhor. Não me arrependo de nada dessa jornada, pois foi tudo aprendizado. Mas assim é a vida. Queria agradecer a todos pelo apoio, meu empresário, meus patrocinadores e amigos, todos que torcem e torceram por mim.

Agora eu e o Lucas Lutkus (empresário) vamos buscar novas organizações de MMA pra continuar melhorando e buscando aquela alegria em forma de boas lutas. Obrigada a todos que apoiam, obrigada UFC, Combate, jornalistas, meus treinadores, meu time e a todos que fizeram parte dessa fase, Página virada e bora para o próximo capítulo”, escreveu Lívia na legenda da publicação.

No MMA profissional desde 2013, Livinha Souza soma 14 vitórias e quatro derrotas em seu cartel. O principal destaque de sua carreira até o momento foi a conquista do cinturão peso-palha do ‘Invicta FC’, em 2015. A paulista ainda defendeu com sucesso seu título por uma vez antes de perdê-lo para a americana Angela Hill, em 2016.

Mais em Notícias