Siga-nos
Natássia del Fischer

Entrevistas

Livre no mercado, Werdum sugere revanche contra Fedor Emelianenko

Fabrício Werdum é ex-campeão peso-pesado do UFC – Natássia del Fischer

Após cumprir com louvor seu último compromisso em contrato com o UFC, Fabrício Werdum já analisa seus próximos passos, tanto dentro quanto fora do cage. Em entrevista coletiva realizada depois do quarto evento promovido pelo UFC na ‘Ilha da Luta’, o ex-campeão dos pesos-pesados confirmou que deve continuar em atividade, mas indicou que pretende iniciar o processo de transição para a vida longe da competição, nos caminhos que gostaria de seguir quando se aposentar.

De acordo com o gaúcho, o novo ciclo deve envolver mais o lado empresarial e de promoção de sua imagem, com palestras, presenças em eventos e outras empreitadas. Esses novos objetivos devem, ao menos por mais algum tempo, seguir concomitantemente com a carreira de lutador. E pensando na continuidade de sua trajetória no MMA, Werdum tem um alvo em mente: a revanche contra Fedor Emelianenko.

Em 2010, ainda pelo extinto evento Strikeforce, Werdum conseguiu a maior vitória de sua carreira ao finalizar Fedor Emelianenko, até então tido como praticamente imbatível e considerado por muitos como o melhor lutador do mundo. E, apesar de ambos já não estarem no auge de suas carreiras, o ex-campeão do UFC enxerga enorme potencial em uma revanche entre eles, especialmente no lado financeiro.

“Essa é uma ideia que eu já tenho na minha cabeça há muito tempo, pelo respeito que eu tenho pelo Fedor. No meu ponto de vista, ele continua sendo o melhor de todos os tempos. Ele pode não ser o melhor atualmente, mas eu ainda sou fã dele. Eu vi que as pessoas deixaram de respeitá-lo um pouco, por ter tido algumas derrotas depois. As pessoas são muito exigentes na hora da derrota. Quando o cara perde, tudo muda. Só é fã quando ganha? Como funciona isso? E não só isso. Vou ser bem sincero. É claro que financeiramente vai ser muito bom porque eu acredito que muita gente vai querer ver uma luta contra o Fedor dez anos depois”, destacou Werdum.

No último sábado (25), Fabrício Werdum precisou de pouco mais de dois minutos para finalizar Alexander Gustafsson no card principal do UFC Ilha da Luta, em Abu Dhabi (EAU). O combate marcou a última luta prevista no contrato do gaúcho com o UFC, deixando-o, em teoria, livre para negociar com outras organizações, como o Bellator, entidade que conta com a presença de Fedor Emelianenko em seu plantel.

Mais em Entrevistas