Siga-nos

GALERIAS

Volta Khabib? Confira os nomes dos rivais que mereciam enfrentar o russo no UFC

Ao colocar as luvas no centro do octógono e anunciar sua aposentadoria, logo após derrotar Justin Gaethje na luta principal do UFC 254 no último sábado (24), Khabib Nurmagomedov pegou de surpresa grande parte da comunidade das lutas, que acreditava que o campeão ainda faria ao menos mais uma apresentação em sua carreira. Pensando nisso, a Ag. Fight elencou as principais disputas que ainda poderiam ter sido realizadas na carreira do russo - Natássia del Frate
Antes de anunciar sua aposentadoria, Khabib havia revelado que ainda faria mais uma luta, pois desejava pendurar as luvas com um cartel invicto de 30 vitórias. E o lutador escolhido pelo russo para encerrar a carreira era Georges St-Pierre, ex-campeão dos pesos-médios (84 kg) e meio-médio (77 kg) do UFC. O canadense demonstrou interesse em deixar sua aposentadoria de lado, mas as negocaições para o combate nunca avançaram, frustando os fãs - Diego Ribas
Tony Ferguson já esteve perto de enfrentar Khabib por cinco vezes, mas o confronto foi cancelado em todas as ocasiões. A última delas aconteceu em maio deste ano, quando o russo não pôde sair do seu país natal devido à pandemia de coronavírus e foi substituído por Justin Gaethje, que venceu o duelo e conquistou o título de campeão interino da categoria. No fim, depois de tantos cancelamentos, faltou o confronto de fato entre Khabib e Ferguson para quebrar a ‘maldição’ da luta - Diego Ribas
Em sua primeira defesa de cinturão dos pesos-leves do Ultimate, Khabib enfrentou Conor McGregor em confronto que ficou marcado na história do UFC e também na carreira do russo. Depois de finalizar o irlandês no quarto assalto, houve uma briga generalizada entre as equipes dos atletas, fato que serviu para aumentar a rivalidade entre eles. Desde então, sempre especulou-se uma revanche entre os dois lutadores, que ao que tudo indica, não acontecerá jamais - Leandro Bernardes/PxImages
Em 2015, Nate Diaz se envolveu em uma confusão generalizada com o time do russo durante o card do WSOF 22, realizado em Las Vegas (EUA). Desde então, o americano e o russo trocam farpas publicamente e tiveram de ser separados novamente em 2019, quando estavam na plateia do UFC 239. Com a aposentadoria de Khabib, não pudemos ver a briga entre os atletas sair dos bastidores e ir para o octógono - Diego Ribas
Derrotado por Khabib em abril de 2014, Rafael dos Anjos se tornou outro lutador após o confronto, o que tornaria interessante uma revanche entre os dois atletas. Depois do revés para o russo, o brasileiro deu a volta por cima e conquistou o cinturão da categoria. Em 2017, ‘RDA’ subiu para a divisão dos meio-médios (77 kg), e, após enfrentar alguns resultados negativos, já tem seu retorno marcado para a categoria de origem. No entanto, o sonho da revanche não se tornará realidade - Diego Ribas
Michael Chandler chegou ao UFC com a moral alta, escalado como reserva do duelo entre o russo e Justin Gaethje, pela unificação do cinturão da categoria. O ex-campeão do Bellator se mostrou confiante de que poderia entrar de última hora na luta pelo título e já conquistar o cinturão do UFC caso algum imprevisto acontecesse com um dos lutadores. No entanto, o sonho de tirar a invencibilidade de Khabib não sairá do papel - Natássia del Fischer
Em abril de 2018, Max Holloway foi escalado de última hora para enfrentar Khabib após Tony Ferguson se lesionar e ser retirado do card. O havaiano aceitou a luta com apenas seis dias de antecedência, mas os médicos da Comissão Atlética de Nova York identificaram que não seria saudável para ele cortar o peso a tempo. Com isso, o atleta retirado do show e entrou para a lista dos que sonharam em medir forças com o russo - Natássia del Frate
Charles ‘Do Bronx’ é recordista de finalizações no UFC, com 14 ao todo. O especialista em jiu-jitsu já afirmou ter certeza de que seu estilo representaria uma ameaça e conseguiria anular a principal arma do russo, que também domina a luta no chão. O brasileiro desafiou Khabib algumas vezes, mas nunca chegou a enfrentar o campeão - Leandro Bernardes

Mais Galerias