Siga-nos

GALERIAS

Confira as melhores imagens do UFC 292, que coroou O’Malley como campeão

Realizado no último sábado (19), em Boston (EUA), o UFC 292 foi um evento grandioso, repleto de momentos marcantes. Justamente por isso, a equipe da Ag. Fight escolheu as principais imagens que aconteceram no show. Na luta mais importante da atração, Sean O'Malley chocou o mundo. Calmo, 'Sugar' ignorou a reputação de Aljamain Sterling e atuou de forma sublime. O atleta se movimentou constantemente, mostrou uma defesa de queda de alto nível e uma trocação precisa e técnica. Percebendo o incomodo do rival com sua atuação, O'Malley se aproveitou de um descuido de 'The Funk Master' no segundo round e aplicou um nocaute histórico para se tornar campeão do peso-galo (61 kg) - Matt Davies/AgFight
No 'co-main event' do UFC 292, Amanda Lemos bem que tentou destronar Zhang Weili, mas acabou virando estatística no cartel da mesma. Durante a maior parte dos 25 minutos de luta, a brasileira sofreu nas mãos da campeã do peso-palha (52 kg) e foi vítima de um ground and pound severo. No solo, a paraense resistiu com pôde aos ataques da asiática, baseados nos socos e cotoveladas. Na imagem, a veterana, já desgastada no confronto, tenta sair de baixo de 'Magnum', mas é controlada por ela - Matt Davies/AgFight
Pelos meio-médios (77 kg), Ian Machado Garry aproveitou os holofotes para ampliar seu hype no MMA. No UFC 292, o irlandês não tomou conhecimento de Neil Magny e o dominou. O atleta castigou o rival com chutes baixos e venceu por pontos de maneira confortável. Na imagem, o europeu provoca o desafeto, visivelmente acuado e em posição delicada no embate. Os chutes aplicados por 'The Future' foram tão poderosos, que o americano mal conseguiu ficar de pé na luta - Matt Davies/AgFight
Quem também sofreu com os chutes aplicados pelo adversário foi Chris Weidman. Sem lutar desde 2021, por conta de uma grave lesão na perna, o ex-campeão do peso-médio (84 kg) do UFC encontrou problemas para lidar com o volume de golpes de Brad Tavares. O veterano teve sua movimentação comprometida no embate devido aos chutes baixos do oponente e, ao que parece, lesionou o joelho. Com a dura derrota no evento, o futuro do atleta no MMA é incerto - Matt Davies/AgFight
Gregory Rodrigues voltou ao caminho das vitórias de forma impressionante no UFC 292. 'Robocop' precisou de menos de dois minutos de luta para nocautear Denis Tiuliulin. O atleta quedou o russo rapidamente e, no solo, o 'puniu' com potentes cotoveladas. Imponente no octógono, o brasileiro vibrou com o triunfo, que o aproximou de integrar o top-15 do peso-médio (84 kg) da companhia - Matt Davies/AgFight
No evento, Natália Silva deu continuidade ao seu grande momento no MMA. A brasileira foi soberana na luta contra a veterana Andrea Lee e mostrou todo o seu arsenal de chutes. Tanto que, na imagem, a mineira acerta um dos muitos golpes no rosto da americana. Com o resultado positivo, a atleta segue invicta no UFC, com quatro vitórias, e deve integrar o top-15 do peso-mosca (57 kg) da organização - Matt Davies/AgFight
Por último, mas não menos importante vem Karine Silva. Na luta que abriu o UFC 292, a brasileira não encontrou qualquer problema para enfrentar Maryna Moroz pelo peso-mosca (57 kg) e foi melhor em pé e no solo. Esbanjando confiança no duelo, a atleta finalizou a ucraniana com uma guilhotina, faltando um segundo para o fim do primeiro round. Dessa forma, 'Killer' se vingou da derrota sofrida para 'Iron Lady', em 2014. Esse foi o terceiro triunfo de Karine no Ultimate, que permaneceu invicta na liga - Matt Davies/AgFight

Jornalista formado, especializado em MMA. Também acompanho boxe, boxe sem luvas, boxe de celebridades e WWE.

Contains all features of free version and many new additional features.

Mais Galerias