Siga-nos

GALERIAS

Clima de Copa do Mundo! Confira a escalação da seleção brasileira do MMA

A Copa do Mundo de futebol, que está sendo realizada no Catar, teve início no último domingo (20), mas para boa parte dos brasileiros o torneio só começa mesmo nesta quinta-feira (24), data da estreia do Brasil, única seleção que pode chegar à conquista do sexto título mundial neste ano. E nesse clima de expectativa pelo hexa, a Ag Fight propõe uma brincadeira. Já pensou como seria a 'Seleção Brasileira do MMA'? Escalamos alguns dos principais talentos da atualidade do esporte nacional nas 11 posições do gramado, de acordo com suas credenciais como artistas marciais. Confira esse timaço - Louis Grasse/PxImages
"Todo grande time começa por um grande goleiro". Praticamente todos que trabalham ou consomem futebol já ouviram essa frase antes. E o nosso goleiro não seria só grande em talento, mas também no tamanho. Alto, forte e explosivo, Jailton 'Malhadinho' possui todas as características importantes para atuar embaixo das traves da 'Seleção Brasileira do MMA' - Louis Grasse/PxImages
O dono da lateral direita titular da 'Seleção do MMA' é Alex 'Cowboy' Oliveira. Afinal, com 11 filhos, está provado que o homem cruza bem - Natassia del Fischer/PxImages
Recém-coroado campeão peso-médio do UFC, Alex 'Poatan' Pereira é o zagueiro central do time. Forte, grande e com cara de mau, para colocar medo nos adversários - Louis Grasse/PxImages
Cris 'Cyborg' é a companheira de zaga de 'Poatan'. Dona de vários títulos, a atual campeã peso-pena do Bellator traz experiência e o espírito vencedor para a equipe - Diego Ribas/PxImages
A lateral esquerda é ocupada pelo canhoto Francisco Trinaldo, o 'Massaranduba'. Aos 44 anos, o veterano se une à Seleção do MMA para contribuir com sua experiência e liderar pelo exemplo. Além disso, o piauiense se mantém em ótima forma física e impõe respeito aos rivais - Diego Ribas/PxImages
O meio-campo começa a ser escalado com Gilbert Burns. Com nome de gringo, mas brasileiríssimo, 'Durinho' é polivalente e vai bem em várias áreas do jogo. Perfeito para um volante moderno - Louis Grasse/PxImages
Já o companheiro de 'Durinho' na volância é um especialista. Dono de um chute potente, capaz de produzir alguns dos melhores 'highlights' da história, Edson Barboza não podia ficar de fora da Seleção Brasileira do MMA - Louis Grasse/PxImages
Como um bom 'camisa 8', Patrício 'Pitbull' Freire dita o ritmo da equipe. Inteligente e calmo na hora de decidir, o potiguar sabe ler bem o jogo e aplicar a melhor estratégia para o momento. Pode ser inclusive uma boa opção de capitão para o time - Divulgação/Bellator
Quem veste a camisa 10 da Seleção Brasileira do MMA é Charles 'Do Bronx' Oliveira. O ex-campeão peso-leve do UFC é habilidoso, técnico e agressivo, uma combinação espetacular para representar o famoso 'jogo bonito' do Brasil. O paulista ainda é carismático e possui um perfil muito identificado com o povo brasileiro, por suas origens humildes. Talvez seja o craque do time - Scott Garfitt/PxImages
Por sua vez, Paulo 'Borrachinha' é o autêntico camisa 9 do Brasil. Matador, como um bom centroavante, se assemelha aos astros dos anos 90, que eram midiáticos, famosos, gostavam de uma treta e colecionavam concomitantemente fãs e haters - Alejandro Salazar/PxImages
Fechando os 11 titulares da Seleção Brasileira de MMA, a Ag Fight escala a baiana Amanda Nunes. Campeã peso-galo e peso-pena do UFC, a 'Leoa' mora e compete fora do Brasil há muitos anos e, talvez por isso, não seja mais tão reconhecida no próprio país. Apesar disso, o talento e as conquistas na carreira asseguram uma vaga para a lutadora, que é considerada uma das maiores de todos os tempos - Louis Grasse/PxImages.
Contains all features of free version and many new additional features.

Mais Galerias