Siga-nos

GALERIAS

Além de McGregor x Poirier! Confira a lista das principais trilogias do UFC

Neste sábado (10), Conor McGregor e Dustin Poirier vão se enfrentar pela terceira vez no UFC 264, evento que acontece em Las Vegas (EUA). O aguardado duelo entre os lutadores é importante, pois deve definir o próximo desafiante ao título do peso-leve (70 kg). No primeiro confronto, realizado em 2014, pelo peso-pena (66 kg), o astro irlandês venceu por nocaute em menos de dois minutos. Já em janeiro de 2021, pela atual categoria, 'The Diamond' deu o troco da mesma forma no segundo round. Agora, os tops da divisão se enfrentam para colocar um ponto final na rivalidade. Por isso, a reportagem da Ag. Fight reuniu as principais trilogias que fazem parte da história do UFC - Natassia del Fischer/PxImages
Cain Velasquez e Júnior 'Cigano' protagonizaram uma rivalidade brutal pelo peso-pesado. Na primeira luta entre a dupla, o brasileiro surpreendeu ao nocautear o americano em pouco mais de um minuto e se tornou campeão da categoria. No entanto, Velasquez empatou o placar ao dominar o carrasco na revanche e reconquistou o título da divisão. Na aguardada trilogia, Velasquez repetiu o roteio e puniu 'Cigano' junto a grade e o nocauteou no quinto round, encerrando o placar com 2x1 - Rigel Salazar/PxImages
Também pelo peso-pesado, Stipe Miocic e Daniel Cormier brindaram os fãs de MMA com um épico. Na primeira luta, 'DC' surpreendeu e se tornou campeão ao nocautear o bombeiro no primeiro round. Sem se abalar, Miocic foi para revanche motivado e, mesmo levando a pior, reverteu o duelo no octógono, nocauteou o wrestler no quarto assalto e reconquistou o cinturão. Na trilogia, o bombeiro conquistou nova vitória, dessa vez de forma menos dramática e empolgante. Diego Ribas/PxImages
O início da rivalidade entre Randy Couture e Vitor Belfort começou no peso-pesado e se estendeu até os meio-pesados. No primeiro encontro, o americano levou a melhor por nocaute no primeiro round. Pela categoria até 93 kg, o brasileiro deu o troco, mesmo que de forma polêmica, já que o combate foi interrompido por conta de um corte em Couture Disposto a tirar o episódio a limpo, Couture conseguiu a revanche imediata e nocauteou o rival no terceiro assalto - Reprodução/Instagram
Se Randy Couture levou a melhor na trilogia com Vitor Belfort, o mesmo não se aplica para as três lutas que fez com Chuck Liddell. Na primeira delas, 'The Natural' nocauteou o adversário no terceiro round. Na revanche, duelo que ficou marcado porque as lendas do MMA foram os treinadores do TUF 1, 'The Iceman' levou a melhor por nocaute no primeiro assalto. No capítulo final, Liddell conseguiu nova vitótia por nocaute sobre Couture, dessa vez na segunda parcial e encerrou a trilogia com 2x1 - Diego Ribas/PxImages
Georges St-Pierre castigou Matt Hughes na trilogia que disputaram pelos meio-médios (77 kg). Na primeira luta, Hughes finalizou o canadense e tirou sua invencibilidade no MMA ao vencer no primeiro round. Na revanche, 'GSP' deu o troco e nocauteou o algoz no segundo assalto. Já na trilogia, 'Rush' finalizou Hughes na segunda parcial e e iniciou um dos reinados mais imponentes da história do MMA - Diego Ribas/PxImages
Contra Georges St-Pierre, Matt Hughes levou a pior na trilogia e contra BJ Penn também teve o mesmo destino. Na primeira luta, estreia de 'The Prodigy' nos meio-médios, o atleta finalizou o adversário no primeiro round. Na revanche, Hughes deu o troco e nocauteou o oponente no terceiro assalto. Na trilogia, realizada em 2010, BJ precisou de apenas 21 segundos para nocautear o rival. Inclusive, esse foi o último triunfo da carreira do havaiano - Leandro Bernardes/PxImages

Mais Galerias