Siga-nos

GALERIAS

Adesanya na briga! Confira lista de atletas que lutaram por títulos simultâneos no UFC

Conquistar dois cinturões de divisões diferentes do UFC é um feito para poucos. Ter a possibilidade de ostentá-los de forma simultânea é uma façanha ainda mais rara, conseguida até hoje por apenas quatro atletas na história da entidade. Esse número pode aumentar no próximo sábado (6) caso Israel Adesanya conquiste o título dos meio-pesados (93 kg), por isso a Ag Fight traz nesta galeria os membros deste seleto grupo, assim como alguns lutadores que estiveram próximos de alcançar a marca - Diego Ribas/PxImages
Principal estrela do UFC, Conor McGregor foi também o primeiro lutador da companhia na história a conquistar dois cinturões de categorias de peso diferentes simultaneamente. Em 2016, o irlandês, então campeão do peso-pena (66 kg), superou Eddie Alvarez para ganhar o título dos leves (70 kg) e, assim, sagrar-se bicampeão do Ultimate - Natassia del Fischer/PxImages
Atual campeã peso-galo (61 kg) e peso-pena do UFC, Amanda Nunes é a única atleta na história da companhia a defender cada um de seus cinturões enquanto estava ambos estavam sob sua posse simultaneamente. No próximo sábado, a 'Leoa' colocará novamente seu título da divisão até 66 kg em jogo, desta vez diante da australiana Megan Anderson, no co-main event da edição 259 do Ultimate - Diego Ribas/PxImages
Aposentado desde agosto do ano passado, Daniel Cormier também faz parte do seleto grupo de campeões de duas divisões simultaneamente no UFC. Em 2018, o americano nocauteou o então campeão peso-pesado Stipe Miocic, somando o cinturão da categoria mais pesada da organização à cinta dos meio-pesados (93 kg) que já lhe pertencia - Rigel Salazar/PxImages
Último lutador a se juntar ao seleto grupo, Henry Cejudo garantiu sua entrada em junho de 2019, quando, já detentor da cinta peso-mosca (57 kg), nocauteou o brasileiro Marlon Moraes e conquistou o cinturão vago do peso-galo (61 kg). O duplo reinado do americano durou pouco, já que em fevereiro do ano passado o próprio 'Triple C' abdicou de seu título na categoria até 57 kg - Dan Wainer
Atual campeão dos médios (84 kg), Israel Adesanya pode ser o próximo atleta a atingir tal façanha. No próximo sábado, o nigeriano enfrentará o polonês Jan Blachowicz, com a chance de conquistar o cinturão dos meio-pesados, na luta principal do UFC 259, em Las Vegas (EUA) - Natassia del Fischer/PxImages
Ex-campeão do peso-galo, TJ Dillashaw esteve perto de alcançar a glória de conquistar dois cinturões simultâneos no UFC. No entanto, o americano acabou derrotado por Henry Cejudo, em disputa pelo título dos moscas, e ainda foi flagrado no exame antidoping, ocasionando em uma suspensão por dois anos e a perda da cinta da divisão até 57 kg do Ultimate - Dan Wainer
Outro grande lutador que por pouco não entrou para a história da companhia com dois títulos simultâneos foi Max Holloway. Considerado por muitos como o melhor peso-pena da história, o havaiano, então campeão da divisão até 66 kg do UFC, falhou na tentativa de conquistar o cinturão interino do peso-leve, em abril de 2019, ao ser derrotado por Dustin Poirier - Natassia del Fischer/PxImages

Mais Galerias