Ex-campeão dos pesos-leves, Edgar quer se aventurar nos pesos-galos (61 kg) – Diego Ribas

Frankie Edgar tomou uma decisão arriscada ao aceitar ser o substituto do lesionado Brian Ortega e competir diante de Chang Sung Jung no UFC Coreia com apenas duas semanas de antecedência. Com pouco tempo de preparação, o americano foi presa fácil para o ‘Zumbi Coreano’, que venceu por nocaute técnico ainda no primeiro round. Após o revés, o ex-campeão peso-leve (70 kg) do Ultimate compartilhou sua experiência sobre o evento.

Através de suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Edgar lamentou a derrota mas ressaltou a necessidade de seguir adiante na carreira de cabeça erguida. De forma bem-humorada, o veterano sugeriu que deve se livrar do novo corte de cabelo, ao dar a entender que o visual não lhe deu tanta sorte no octógono.

“Bem, as coisas não saíram bem como eu planejei aqui na Coreia do Sul, mas ganhar como homem e perder como um também. Tiro o meu chapéu para o ‘Zumbi Coreano’ pela grande performance. Acho que talvez seja a hora de cortar meu cabelo. Obrigado família, equipe e fãs pelo amor e apoio”, escreveu Edgar.

Apesar das mensagens de apoio ao lutador, alguns fãs se manifestaram a favor de uma possível aposentadoria de Frankie. Aos 38 anos, o americano venceu apenas um de seus últimos quatro compromissos na organização de MMA mais famosa do planeta.