Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

Eventos nacionais

Campeão do Jungle Fight defende cinturão dos leves ao finalizar rival no 1º round

Realizada no último domingo (28), em São Paulo, a edição de número 103 do Jungle Fight consolidou Lucas Almeida como um dos principais nomes do MMA nacional. No ‘main event’ do show, o paulista, campeão do peso-leve (70 kg) da companhia, enfrentou Ítalo Trindade e defendeu o cinturão da categoria pela primeira vez ao finalizar o adversário no primeiro round.

A curiosidade é que, antes de colocar o título do peso-leve do Jungle Fight em jogo, o brasileiro participou do reality show ‘Contender Series’, em setembro, porém desperdiçou a chance de entrar no UFC ao ser derrotado por Daniel Zellhuber. Após perder a invencibilidade no MMA, o lutador não desanimou e retornou à organização motivado. Sendo assim, o atleta voltou ao caminho das vitórias da forma que mais sabe, pela via rápida.

O paulista precisou de apenas um round para finalizar Ítalo com uma guilhotina. Agora, o lutador possui um cartel composto por 13 triunfos, sendo oito por nocaute e cinco por finalização, e apenas um revés. Revigorado com a conquista de mais um resultado expressivo em sua carreira, Lucas garantiu que é apenas uma questão de tempo para integrar o UFC e ressaltou que a vitória no Jungle Fight é a prova de que está no caminho certo.

“Minha luta no Contender foi muito boa, me preparei muito, mas minha mente não estava pronta ainda. Voltei ao Brasil, resgatei as pessoas que fazem parte da minha base, que é o que eu preciso, de pessoas com energia boa, que querem ver a minha vitória. Minha cabeça não estava pronta para o UFC. Agora, com esta vitória, eu tenho certeza que o próximo passo é o UFC”, declarou o campeão.

O Jungle Fight 103 foi um evento do jeito que os fãs de MMA gostam, ou seja, repleto de combates decididos pela via rápida. Das 13 lutas disputadas, nove terminaram por finalização ou nocaute. Contudo, nem todo atleta vitorioso na atração conseguiu comemorar o resultado positivo. Como não bateu o peso dos moscas (57 kg), ficando 500 gramas acima do limite da divisão, Felipe Pereira, que levou a melhor diante Rafael Montouro na decisão dividida dos juízes, não se tornou campeão da categoria pelo deslize na balança.

Confira abaixo os resultados do Jungle Fight 103:

Lucas Almeida finalizou Ítalo Trindade no 1º round;

Felipe Pereira venceu Rafael Montouro por decisão dividida;

José Suavecito Diaz finalizou Lucas Campos no 1º round;

Tiago Pereira de Souza venceu Manoel Maranhão por decisão dividida;

Adriano Deziderio finalizou Francisco Diniz no 1º round;

Jefferson Costa finalizou Alef Aparecido no 2º round;

Wagner Reis nocauteou Yan Ferraz no 1º round;

Igor Severino finalizou Wellington Rocha no 1º round;

Matheus Severino finalizou Juliano Lubke no 1º round;

Lucas Danilo Sá e Alexsandro ‘Pretinho’ empataram;

Lucas Rafael Ferraz venceu Romario Amorim por decisão unânime;

Michael Góes nocauteou Antônio Marco no 2º round;

Fábio Antônio finalizou Gabriel Gaspar no 2º round.

Mais em Eventos nacionais