Siga-nos
Divulgação/PFL

Eventos internacionais

Kayla Harrison responde Cyborg e reforça desejo de enfrentá-la: “Quero ser a melhor”

Após seu contrato com o PFL expirar, Kayla Harrison ainda não sabe em que organização de MMA vai atuar, mas a rivalidade com Cris ‘Cyborg’ fica cada vez maior. Recentemente, em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight, a brasileira abriu as portas do Bellator para a bicampeã olímpica de judô e duas vezes vencedora do GP do peso-leve (70 kg) do ‘Professional Fighters League’ e provocou ao compará-la com Ronda Rousey pelo fato de preferir o ‘trash talk’ do que, de fato, lutar. Na sequência, a americana respondeu.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Kayla, que constantemente expressa o interesse de lutar contra ‘Cyborg’, reforçou sua intenção em medir forças com a lenda do esporte. Anteriormente, a brasileira sinalizou que a estrela do PFL lança seu nome para ficar em evidência nos noticiários, já que sua história na modalidade é extensa. Vale destacar que a curitibana conquistou o título do UFC, Bellator, Strikeforce e Invicta, algo único.

Sincera, a americana admitiu que a veterana está em um patamar acima, mas, ao mesmo tempo, pontuou que a mesma não é invencível. Quando migrou do judô para o MMA, Kayla confessou que sabia que sua caminhada no novo esporte seria difícil, porém, como busca fazer história também nas artes marciais mistas, a melhor forma de alcançar o topo é enfrentando os melhores nomes da modalidade e por isso ‘Cyborg’ está em sua mira. Inclusive, a própria lutadora esclarece que a rivalidade com a brasileira é apenas em âmbito profissional.

“‘Cyborg’ está certa. Eu quero lutar com ela e preciso lutar contra ela. Eu sou a jovem revelação faminta e assassina. Ela é uma pioneira, absolutamente. O único problema é que estou nessa trilha agora. Estou atrás dela e vou buscá-la. Talvez, ela não precise lutar comigo ou talvez não queira lutar comigo e é por isso que ela está dizendo isso”, declarou Kayla, antes de completar.

“Tudo bem também, mas vou buscar isso com tudo o que tenho. Porque quero ser a melhor, quero ser a maior e é isso. Todos sabem que eu adoraria lutar contra ‘Cyborg’. Não é segredo. Acho que ela seria um ótimo teste para mim”, concluiu.

Estrela do PFL, Kayla Harrison, de 31 anos, é apontada por parte da comunidade do MMA como uma força a ser reconhecida. No esporte, a americana, oriunda do judô, disputou 12 combates, venceu todos, sendo dez pela via rápida. Além de ser bicampeã olímpica, a atleta também conquistou o GP do peso-leve do ‘Professional Fighters League’ na temporada 2019 e 2021.

Mais em Eventos internacionais