Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Eventos internacionais

Ex-campeão do UFC chora nos bastidores do ONE após desqualificação; veja

O evento de estreia do ONE Championship na TNT não foi bom para Eddie Alvarez. Na última quarta-feira (7), em show realizado em Kallang (SIN), o ex-campeão do peso-leve (70 kg) do UFC sofreu uma derrota por desqualificação para Iuri Lapicus e tal resultado gerou revolta em parte da comunidade do MMA. Após o desfecho do combate, o americano se mostrou abalado.

Na luta, Alvarez quedou Lapicus e, uma vez que ficou por cima do adversário, aplicou o ‘ground and pound’. Imediatamente, o romeno acusou que os golpes do oponente acertaram sua nuca e o árbitro interrompeu o confronto. Insatisfeito com a interferência do profissional, Alvarez se defendeu e apontou que seus ataques foram legais, porém o atleta recebeu cartão vermelho e acabou derrotado por desqualificação.

Já no cage, o veterano ficou desolado com o resultado e, nos bastidores, desabou. Em um dos registros (veja abaixo ou clique aqui), Alvarez aparece chorando e sendo consolado por um representante do staff médico da organização. Após a polêmica, parte dos fãs e lutadores defendeu o americano e criticou Lapicus por simular receber golpes ilegais e valorizar os danos.

Contratado a peso de ouro pelo ONE Championship, Eddie Alvarez, de 37 anos, ainda não convenceu na organização asiática, tanto que segue fora do top-5 do peso-leve. O americano estreou em 2019 pela companhia, disputou três lutas e perdeu duas.

Mais em Eventos internacionais