Siga-nos
Divulgação/PFL

Eventos internacionais

Conselho Atlético de New Jersey transforma derrota de Werdum em ‘no contest’

A reclamação de Fabrício Werdum valeu a pena. Na terceira edição do PFL na temporada 2021, realizada na última quinta-feira (6), em New Jersey (EUA), o ex-campeão do peso-pesado do UFC se envolveu em uma polêmica. Após o árbitro decretar a vitória de Renan ‘Problema’ por nocaute técnico no primeiro round, ‘Vai Cavalo’ contestou o resultado e acusou o rival de ter desistido após aplicar um triângulo. Inconformado, o gaúcho conversou com Ray Sefo, líder da empresa, e informou que iria apelar para anular a derrota.

Nesta segunda-feira (10), a ‘ESPN’ americana informou que o Conselho de Controle Atlético do Estado de New Jersey, que regulamentou o evento do PFL, anunciou que Werdum tinha razão em sua reivindicação e alterou o resultado da luta. Sendo assim, a entidade transformou a derrota do ex-campeão do peso-pesado do UFC em ‘no contest’. Inclusive, após o ocorrido, o veterano do MMA estava confiante de que conseguiria a anulação do revés diante de Renan ‘Problema’.

Com a mudança do resultado, a classificação geral do peso-pesado do PFL também sofre alteração. Após nocautear Fabrício Werdum no primeiro round, Renan ‘Probema’ conquistou seis pontos, mas, agora, como o duelo virou ‘no contest’, tanto o goiano, quanto o gaúcho possuem um ponto no torneio de acordo com as regras da empresa. Ou seja, depois da polêmica, a dupla vai precisar correr contra o tempo para ultrapassar Bruno Cappelozza e Denis Goltsov, que lideram o GP da categoria com seis pontos, e Brandon Sayles, que vem logo atrás com cinco.

Mais em Eventos internacionais