Siga-nos
Divulgação/ONE

Eventos internacionais

Brasileiro faz história e impõe 1º nocaute da carreira de Demetrious Johnson

O Brasil ganhou mais um campeão mundial de MMA na madrugada desta quinta-feira (8). Em duelo realizado em Cingapura, Adriano ‘Mikinho’ Moraes fez história ao se tornar o primeiro atleta a vencer o multicampeão Demetrious Johnson sem precisar da decisão dos jurados laterais.

Com um nocaute aplicado no segundo assalto, o brasileiro manteve o cinturão dos pesos-moscas (61 kg) do evento asiático ONE Championship – o limite de peso de cada categoria é diferente em relação ao UFC. Desta forma, Adriano, de 31 anos, ampliou seu cartel para 19 triunfos como profissional, retrospecto que conta com apenas três derrotas.

Melhor desde o início do combate, o atleta da academia ‘American Top Team’ soube aproveitar a vantagem de envergadura para golpear e manter a distância, frustrando as tentativas de aproximação de ‘DJ’.

Na segunda etapa, ao tentar agarrar uma das pernas de Adriano, o americano recebeu um forte cruzado de direita que o levou a knockdown. O movimento abriu caminho para que o novo campeão imprimisse rápida sequência no ground and pound obrigando o árbitro a interromper a disputa.

Ex-campeão do UFC, Demetrious é o recordista do evento em número de defesas seguidas de títulos, com 11 no total, uma a mais do que o brasileiro Anderson Silva. Dentre seus feitos no show presidido por Dana White, o americano se tornou o lutador com o maior número de finalizações em disputas de título, com quatro ao todo.

Mais em Eventos internacionais