Siga-nos
exclusivo!
Diego Ribas/PxImages

Entrevistas

‘Sergipano’ mostra admiração por ‘Jacaré’ e prega respeito para luta no UFC 262

O UFC 262 pode mudar o patamar de André Muniz no MMA. No evento que acontece neste sábado (15), em Houston (EUA), ‘Sergipano’ vai enfrentar Ronaldo ‘Jacaré’, no clássico embate que envolve uma promessa do esporte contra um veterano. Apesar da dupla viver fases distintas na modalidade, o lutador mostrou toda sua admiração em relação ao oponente.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight, ‘Sergipano’ revelou ser fã de ‘Jacaré’ e contou que não só acompanha a trajetória do adversário de perto, como também o considera um exemplo a ser seguido pelos demais profissionais. Para o duelo, a promessa do peso-médio (84 kg) vai embalada pelas duas vitórias no UFC e segue invicta na companhia

Por outro lado, o veterano vive situação dramática na organização após perder três combates seguidos. Contudo, ‘Sergipano’ pregou respeito e ressaltou que ‘Jacaré’ ainda é capaz de lutar em alto nível, mas, ao mesmo tempo, garantiu estar preparado para conquistar o maior triunfo de sua carreira.

“Trabalhei muito para chegar ao UFC. Estou focado e bem reinado. Sei da responsabilidade que é lutar em um grande evento. Respeito muito o ‘Jacaré’. Sou fã da trajetória dele. Tirei foto com ele quando era mais novo e no UFC São Paulo, quando ele estava no card principal e eu estava estreando. Estamos trabalhando e o admiro como pessoa e como atleta. Acabou o evento, todos se respeitam e vida que segue”, declarou ‘Sergipano’, antes de completar.

“Estou pronto para deixar minha marca no UFC. O Ronaldo não vive um bom momento, mas ele é o ‘Jacare’ e temos que respeitar. Ele tem objetivos, já brigou nas cabeças e eu quero ter essa oportunidade. Para isso, tenho que passar por ele. Essa é a oportunidade de dar um passo além. Passando pelo ‘Jacaré’, vou entrar no ranking ou ficar próximo”, pontuou o lutador.

A luta entre André e Ronaldo também apresenta uma curiosidade. O ponto forte dos atletas é o jiu-jitsu. O veterano é um dos grandes nomes da modalidade, enquanto a promessa do peso-médio conquistou 13 de suas 20 vitórias no MMA por finalização.

Apesar da qualidade dos atletas no grappling, ‘Sergipano’ indicou que a luta contra ‘Jacaré’ pode ocorrer em pé. Empolgado, o lutador projetou uma possível entrada no top-15 do peso-médio, caso supere o experiente adversário e comemorou o fato do UFC reconhecer seu valor e lhe escalar para um duelo importante.

“Estou bem treinado. Acredito que a luta seja em pé, mas o chão vai acontecer. Não tem como evitar. Essa luta pode me colocar em uma situação privilegiada, além de trazer um retorno de visibilidade do publico americano. Não tem outro caminho mais rápido para entrar no ranking ou para fazer sucesso no UFC do que você enfrentar lutadores conhecidos na organização. Seria algo inacreditável na minha vida e na minha carreira. É um passo de cada vez. O ranking é consequência das vitórias”, concluiu.

André ‘Sergipano’, de 30 anos, é um profissional que voa abaixo do radar de parte dos fãs e dos demais lutadores do peso-médio do UFC. Como o atleta venceu as duas lutas que disputou na empresa, se aproximou do top-15 da categoria. Na maior organização de MMA do mundo desde 2019, o brasileiro passou pelo compatriota Antônio Arroyo e Bartosz Fabinski. Já na modalidade, o cartel do mineiro é composto por 20 vitórias e quatro derrotas.

Mais em Entrevistas