Siga-nos

Entrevistas

Raulian Paiva explica troca para o peso-galo do UFC e se diz feliz com mudança

Raulian Paiva está de casa nova no UFC. Após uma passagem de quatro lutas pelo peso-mosca (57 kg), na qual venceu e perdeu duas vezes, o brasileiro, por recorrentes problemas na balança, decidiu subir para o peso-galo (61 kg). Neste sábado (24), em Las Vegas (EUA), o atleta do Amapá vai encarar Kyler Phillips, número 14 no ranking da categoria, e está disposto a deixar uma boa impressão em sua estreia nela.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (veja acima ou clique aqui), Raulian revelou que apesar desta ser sua estreia no peso-galo do UFC, tal categoria não lhe é estranha. Vale lembrar que, quando ainda atuava no Brasil, o atleta costuma lutar com 61 kg e teve sucesso, tanto que despertou o interesse da maior organização de MMA do mundo. Além disso, o fato do lutador não bater o peso e desmaiar para alcançar os 57 kg, que aconteceu há dois meses, foi outro ponto que influenciou em sua decisão.

“Agora vai. Estou nos galos, uma categoria que era minha e a maioria das lutas que fiz foi com 61 kg, então agora vai se Deus quiser. A mudança foi uma decisão em equipe, depois o UFC também decidiu, porque quando lutei nos moscas, sempre foi um sacrifício bater o peso. Então decidimos subir e cuidar da saúde que é o mais importante”, explicou o brasileiro.

Geralmente, parte dos atletas que sofre com problemas na balança ainda cogita voltar para a categoria no futuro, mas, a princípio, Raulian descarta tal possibilidade. Grande para o padrão do peso-mosca e até mesmo para o peso-galo, o profissional também minimizou a possibilidade de atuar no peso-pena (66 kg). Empolgado com a nova aventura no UFC, a promessa brasileira garantiu que a mudança lhe transformou em outro lutador.

“Por enquanto é definitivo. Vou ficar nos galos. Se eu subir, vai demorar um pouco. Quero fazer meu nome nos galos. Estou mais saudável, mais disposto, mais feliz e forte, sem dúvida. Estou mais disposto a treinar. Se o UFC me der a oportunidade, vou lutar quantas vezes eles quiserem. Sou um funcionário da empresa. O que ela quiser que eu faça, eu faço. Se o UFC me oferecer cinco lutas por ano, faço. Estou com sangue nos olhos”, concluiu.

Raulian Paiva, de 25 anos, possui bastante experiência como profissional de MMA. Em sua carreira, o brasileiro soma 20 vitórias e três derrotas. Revelado no reality ‘Contender Series’, o agora peso-galo iniciou sua trajetória no UFC com dois resultados adversos, mas se recuperou ao superar dois adversários em sequência. Sua última aparição no octógono aconteceu em julho de 2020.

Mais em Entrevistas