Siga-nos

Entrevistas

Michel Pereira desafia Nate Diaz, ataca Jorge Masvidal e elogia Kamaru Usman

Neste sábado (10), Michel Pereira vai realizar mais uma aparição pelo UFC, mas, ao mesmo tempo, já projeta seus próximos passos na maior organização de MMA do mundo. Na edição de número 264, que acontece em Las Vegas (EUA), o ‘Paraense Voador’ encara Niko Price, em duelo destacado por Dana White, e está tão confiante, que mira encarar grandes nomes dos meio-médios (77 kg) para se firmar entre os melhores.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag. Fight (veja acima ou clique aqui), Michel revelou que seu principal alvo é Nate Diaz. O brasileiro explicou que o interesse no duelo é, simplesmente, pelo fato do ‘bad boy’ atuar de forma irreverente no octógono, algo semelhante ao seu próprio estilo de luta. Apesar do desafio, ‘Demolidor’ expressou sua admiração pelo irmão mais novo de Nick Diaz, mas garantiu que, diferente de seus adversários, não aceitaria suas provocações.

“Eu já tenho um nome em mente, que é o Nate. Estou com muita vontade de lutar com ele por causa do jeito que ele luta, divertido. Imagino muito uma luta minha com ele. Teria muita repercussão, seria um negócio legal de se assistir. Eu não ia deixar ele fazer aquelas graças que ele faz. Eu não ficaria parado que nem o Edwards. Não! Eu ia dar um Fumo Mix para cima dele, um Vegas, baby, um revestrel, um pitiounight, ia partir para cima dele. Eu ia querer ver se ele faria de novo. Seria massa! Nossa, imagino tanta coisa. Uma luta com o Nate seria bem legal de se assistir, um verdadeiro espetáculo”, declarou o ‘Paraense Voador’.

Além de Nate Diaz, outro atleta em destaque nos meio-médios do UFC que interessa Michel é Jorge Masvidal. Vale destacar que o brasileiro, constantemente, cita o nome dos tops da categoria como possíveis adversários. Contudo, se o ‘Paraense Voador’ possui admiração pelo ‘bad boy’, o mesmo não vale para ‘Gamebred’. Pelo contrário, o profissional manifestou todo seu repúdio pelo rival com ofensas.

“É um safado. Ainda vou topar ele ainda e perguntar o que ele queria mandando mensagem para os outros. Está doido? Que sem vergonha!”, atacou o ‘Demolidor’.

Por outro lado, Michel mudou o tom ao comentar sobre Kamaru Usman e enalteceu o campeão dos meio-médios do UFC. Anteriormente, o nigeriano elogiou o ‘Paraense Voador’ e, mesmo fora do top-15 da categoria, o classificou como uma ameaça aos demais tops. Feliz com o reconhecimento do número um da divisão, o brasileiro destacou a simplicidade e eficiência de ‘The Nigerian Nightmare’ como suas principais qualidades.

“O Usman vem mostrando o motivo de ser campeão. Ele merece, tem todo mérito de estar ali. Na minha visão, é mais difícil lutar comigo do que com ele, porque ele faz a mesma coisa, não é imprevisível. Ele tem o jogo dele e se você consegue matar aquele jogo, acabou. Achei que o ‘Durinho’ faria isso. Ele conseguiu um pouco, mas aí aconteceu o que aconteceu. Para mim, o ‘Durinho’ seria o campeão, mas o Usman tem qualidade e faz muito bem. O feijão com arroz bem feito é o que funciona. O jab, direto, wrestling. Ele não é diferenciado, mas faz o simples de forma bem feita”, concluiu.

Mais em Entrevistas