Siga-nos
exclusivo!
Leandro Bernardes / PxImages

Entrevistas

Líder da PRVT explica como pandemia adiou planos de abrir filial em Las Vegas

Líder da PRVT, que conta com uma das mais respeitadas equipes femininas de MMA do planeta, Gilliard ‘Paraná’ planejava expandir a área da atuação de sua academia, atualmente sediada na cidade de Niterói (RJ), e abrir uma filial em Las Vegas (EUA), capital mundial das lutas e local onde se concentra o quartel general do UFC. Porém, apesar de ter iniciado o processo de transição, o treinador viu a pandemia do novo coronavírus adiar seus planos.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight, ‘Mestre Paraná’, como é conhecido, explicou o motivo principal que fez com que ele abortasse a missão de fincar raízes em Las Vegas, ao menos por enquanto. Ao se mudar para a cidade norte-americana, em julho do ano passado, o líder da PRVT teve seus planos atrapalhados pela pandemia de COVID-19, que, em seu ápice, impediu a regularização da entrada de sua família em território ianque, tornando inviável sua permanência nos Estados Unidos.

Já de volta ao Brasil desde outubro do ano passado, Gilliard agora prega paciência para retomar os projetos de desenvolver seu trabalho nos Estados Unidos. De acordo com o líder da PRVT, o assunto só voltará a entrar em pauta quando a vacinação para combate do coronavírus estiver em um estágio avançado, com todos imunizados.

“Os planos de abrir uma filial (em Las Vegas) estavam fortes. Eu estava dando aula em Las Vegas, só que eu não consegui levar minha família por causa da pandemia. Eu tenho um filho que vai fazer um ano agora, mas na época estava com seis meses. Eu consegui tirar o passaporte dele, mas na hora do visto, os consulados fecharam”, recordou Paraná, antes de continuar.

“Então, eu estava com tudo certo para ficar por lá, já tinha alugado apartamento, comprei carro, tinha levado alguns atletas, mas a pandemia acabou atrapalhando. E agora, realmente, a gente só vai pensar nisso depois que todo mundo se vacinar, depois que tudo estiver em ordem. Até lá a gente vai continuar no Brasil e vamos esperar a vontade de Deus”, decretou.

Lar de algumas das principais lutadoras do MMA feminino nacional, a PRVT tem na ex-campeã peso-palha do UFC Jéssica Bate-Estaca sua principal estrela. Além dela, a equipe também conta com uma das grandes promessas da categoria peso-galo (61 kg) do Ultimate, a capixaba Karol Rosa, que venceu seus dois compromissos no octógono mais famoso do mundo até o momento.

Mais em Entrevistas