Siga-nos

Entrevistas

Invicta no MMA, Melissa Gatto promete integrar elite dos moscas do UFC em 2022

Empolgada por viver grande fase no UFC, Melissa Gatto, promessa do MMA, avisa que há mais por vir em 2022. No último sábado (18), a brasileira atuou na edição ‘Vegas 45’, nocauteou Sijara Eubanks e ainda faturou um dos bônus de ‘performance da noite’. Como venceu as duas lutas que fez no octógono em sua temporada de estreia na organização, a paulista já projetou um futuro grandioso nela.

Na coletiva de imprensa pós-evento, que contou com a presença da reportagem da Ag. Fight (veja acima ou clique aqui), Melissa comemorou a vitória sobre a veterana Sijara, maior triunfo de sua carreira até então. Inclusive, a brasileira, de 25 anos, conseguiu um feito, já que foi a primeira atleta a vencer a americana pela via rápida. Ciente de seu nível de habilidade, a paulista visa dar continuidade ao bom momento no esporte e garante que está preparada para encarar desafios superiores no UFC.

Tanto que a atleta, invicta no MMA, classificou a temporada 2022 como crucial para sua carreira e adiantou que seu objetivo será se consolidar na elite do peso-mosca (57 kg) do UFC. Vale destacar que, atualmente, a categoria passa por um período de renovação e Melissa é uma das lutadoras que aproveita o momento para evoluir e representar uma potencial ameaça aos nomes que integram o top-15 da divisão. Um fato que comprova tal melhora é que a brasileira, conhecida no esporte por conta de seu jiu-jitsu, conseguiu as primeiras vitórias por nocaute ao atuar pela companhia.

“Estou me sentindo muito bem, muito feliz, essa foi minha segunda luta no UFC e pude mostrar um pouco do meu trabalho. Eu já imaginava que ela fosse uma oponente muito forte fisicamente, esperava que o primeiro round dela fosse forte. Ela não me surpreendeu. Meu treinador falou durante todo o camp que eu ia fazer o que ninguém fez, que era finalizar ou nocautear ela. A principio, queria ter finalizado, mas o nocaute está bom. Fiquei feliz também”, declarou Melissa, antes de completar.

“Foi o melhor ano da minha vida. Trabalhei muito por isso a vida toda. Sempre sonhei em estar aqui, em viver isso. Esse ano foi incrível e ano que vem tem mais. Eu gostaria de lutar em março e, ano que vem, fazer três, quatro lutas. Só quero voltar a lutar, pegar ritmo de novo. Quem o UFC me oferecer, estarei lutando. Planejo entrar no ranking. Estou vindo de duas vitórias sem ser por pontos. Acho que mereço enfrentar uma atleta ranqueada. Para 2022, quero entrar no ranking dos moscas”, concluiu.

Melissa Gatto, de 25 anos, é uma das grandes promessas do Brasil no MMA. A paulista iniciou sua trajetória no esporte em 2016 e estreou no UFC em 2021. Em sua carreira, a atleta disputou oito lutas e venceu todas, sendo seis pela via rápida (quatro por finalização e duas por nocaute). Pela organização, a profissional nocauteou Victoria Leonardo, em agosto, e Sijara Eubanks, em dezembro.

Mais em Entrevistas