Siga-nos
exclusivo!
Diego Ribas/PxImages

Entrevistas

‘Dread’ celebra pausa em lutas contra compatriotas e pede torcida dos brasileiros

Neste sábado (16), Luana ‘Dread’ medirá forças com a mexicana Lupita Godinez, pelo card preliminar do UFC Vegas 40. O confronto marca a primeira experiência da lutadora brasileira contra uma adversária estrangeira no octógono mais famoso do mundo. Fato que foi bastante comemorado pela paulista.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight, Luana comemorou o fato de, pela primeira vez desde sua chegada ao UFC, não ter que dividir a preferência da torcida brasileira com uma compatriota. Agora, com uma mexicana pelo seu caminho, ‘Dread’, como é conhecida, espera contar com o apoio total dos fãs do Brasil na luta deste sábado.

“Estou feliz (de enfrentar uma estrangeira). Pelo menos uma vez o Brasil vai torcer por mim, porque sempre pegava uma menina que era conhecida, a galera torcia e quando eu chegava perguntavam tipo: ‘Quem é essa menina?’ (risos). Agora vou ter mais torcida dos brasileiros”, comemorou Luana, antes de completar.

“Agora é meio que indiferente, né?! Antes eu fiz três lutas seguidas contra brasileiros. Na nossa categoria tem muito brasileira, então é muito difícil não cruzar com alguma. Mas três lutas é muito (risos)”, brincou.

Oriunda da versão tupiniquim do programa ‘Contender Series’, Luana ‘Dread’ estreou no UFC com o pé direito, ao vencer a também brasileira Priscila ‘Pedrita’, em maio de 2019. Na sequência, a peso-mosca (57 kg) enfrentou as compatriotas Ariane Lipski e Poliana Botelho, sendo derrotada pela primeira e anotando mais uma vitória diante da atleta da ‘Nova União’.

Mais em Entrevistas