‘Durinho’ venceu Mike Davis por finalização no segundo round – Leandro Bernardes

Gilbert ‘Durinho’ derrotou Mike Davis no UFC Miami, no último sábado (27), com a especialidade da casa: uma finalização. Depois de tirar o estreante de sua frente, o brasileiro voltou-se a um atleta bem mais conhecido do que ‘Beast Boy’. Tanto em entrevista coletiva após o evento quanto nas redes sociais, ele desafiou Alexander Hernandez, atual 12º colocado do ranking.

Conforme Gilbert revelou à Ag. Fight na semana passada, ‘The Great’ foi um dos cinco lutadores que recusaram enfrentá-lo no UFC Miami. Segundo o brasileiro, além de Alexander, Beneil Dariush, Charles ‘Do Bronx’, Gregor Gillespie e Drakkar Klose disseram ‘não’ a um confronto contra ele. Pelo Twitter (veja abaixo ou clique aqui), ‘Durinho’ apontou o dedo para seu escolhido.

“Quem será o próximo? @ufc @danawhite @seanshelby @AliAbdelaziz00 Seja homem, @TheGreat155, e assine o contrato”, escreveu o brasileiro, que chegou à marca de seis vitórias por nocaute ou finalização desde 2014. Neste período, ‘Durinho’ está empatado com o atual campeão interino dos leves (70 kg), Dustin Poirier, e com Kevin Lee, que está de saída para os meio-médios (77 kg). Na divisão peso-leve, apenas Tony Ferguson tem mais triunfos pela via rápida nestes quase cinco anos: sete.

Aos microfones do UFC no backstage do evento, Gilbert agradeceu a presença dos familiares e amigos, já que mora na Flórida. Analisando o confronto em si, ‘Durinho’ minimizou o fato de Davis ser estreante: segundo o brasileiro, ganhar horas dentro do octógono é muito importante, independentemente de qual seja o adversário.