Siga-nos

Doping

Duda ‘Cowboyzinha’ pega dois anos de gancho por doping e é dispensada pelo UFC

Duda ‘Cowboyzinha’ Santana não faz mais parte do plantel de atletas do UFC. Após ser flagrada em exame antidoping fora de competição pela USADA (agência antidoping americana), a brasileira acabou dispensada pela principal organização de MMA do planeta. A informação foi divulgada em primeira mão pelo site ‘MMA Fighting’, através de contato com o empresário da lutadora, Alex Davis.

De acordo com o empresário, a peso-galo (61 kg), por não dispôr de fartos recursos financeiros, precisou comprar alguns dos suplementos utilizados por ela de fontes não confiáveis, o que explicaria a contaminação dos mesmos com substâncias proibidas. A brasileira testou positivo para LGD-4033, um modulador seletivo de receptor androgênico, em um teste fora de competição realizado pela USADA em fevereiro deste ano. Ainda de acordo com Alex Davis, ‘Cowboyzinha’ cumprirá dois anos de suspensão pela falha.

“Nós acreditamos na inocência dela, mas nós temos que seguir o que a USADA determina e cumprir a suspensão. Nós não apelamos. Nós tentamos, mas não conseguimos achar a origem disso porque ela jogou fora alguns de seus suplementos. Ela é muito talentosa e vai dar a volta por cima. Nós não vamos desistir dela”, declarou Alex Davis, empresário da lutadora.

No MMA profissional desde 2017, Duda ‘Cowboyzinha’ soma três vitórias e uma derrota em sua carreira. Pelo UFC, a lutadora carioca fez apenas uma apresentação, em junho de 2019, quando foi finalizada por Bea Malecki, em edição realizada na Suécia.

Mais em Doping