Siga-nos
Divulgação

Boxe

Mike Tyson descarta luta contra Holyfield e cita Lennox Lewis como novo alvo

Desde o retorno aos ringues de Mike Tyson, em novembro do ano passado, quando ‘Iron’ participou de um combate de exibição contra Roy Jones Jr, a comunidade das lutas tem alimentado a expectativa de ver o ex-campeão mundial de boxe medir forças novamente com seu eterno rival Evander Holyfield. Mas, ao que tudo indica, um novo confronto entre as lendas da nobre arte ficará apenas no campo da imaginação.

Ao canal do ‘Youtube’ ‘ESNEWS’, Tyson admitiu ter interesse em fazer uma nova luta, mas descartou a possibilidade de encarar novamente Holyfield, especialmente após a derrota do rival para o ex-campeão do UFC Vitor Belfort, em combate promovido pela ‘Triller’ no último dia 11 de setembro, e que recebeu uma enxurrada de críticas por conta das condições apresentadas pelo veterano, de 58 anos, ao subir no ringue.

No duelo contra o astro do MMA, Evander – 14 anos mais velho que Belfort – foi facilmente superado, ainda no primeiro round, e levantou o questionamento sobre a continuidade de sua participação em combates de boxe com uma idade tão avançada. Ciente da situação, que invariavelmente influenciaria no interesse do público em um possível confronto contra Holyfield hoje em dia, Tyson elegeu um novo alvo: o britânico Lennox Lewis, também antigo rival do americano.

“Eu quero lutar. Eu preciso de outra (luta). Evander (Holyfield) f*** o dinheiro (que pagariam por uma luta nossa), nós temos que fazer com Lennox (Lewis) agora”, afirmou Mike Tyson, antes de indicar, em tom de provocação, que, ao contrário de Vitor Belfort, pegaria leve com Evander Holyfield em um hipotético duelo contra a versão atual do rival.

“Eu teria deixado (Holyfield) completar os oito rounds, no entanto. Eu não vou f*** o mano, ele já está f*** como está”, debochou ‘Iron’ Mike.

No auge de suas carreiras, Mike Tyson e Evander Holyfield travaram duas batalhas, ambas vencidas por ‘The Real Deal’. Na primeira, Holyfield saiu vencedor por nocaute técnico, no 11º assalto. Já na revanche, em um dos momentos esportivos mais lembrados das últimas décadas, Tyson acabou desclassificado do combate após morder e arrancar um pedaço da orelha do rival.

Por sua vez, Tyson e Lennox Lewis se enfrentaram apenas uma vez, já na parte final da carreira de ambos, em 2002. O pugilista britânico levou a melhor, ao nocautear ‘Iron’ no oitavo round, mantendo os cinturões do Conselho Mundial de Boxe (WBC), Federação Internacional de Boxe (IBF), Organização Internacional de Boxe (IBO) e da ‘The Ring’. Apesar do histórico de apenas uma luta, a rivalidade entre os pesos-pesados alcançou níveis altos, com forte troca de provocações e uma briga generalizada entre as equipes durante uma coletiva de imprensa promocional.

Mais em Boxe