Siga-nos
Amanda Westcott/Triller Fight Club

Boxe

Anderson Silva revela inspiração em lendas do boxe e declara seu amor ao esporte

Anderson Silva entrou para a história dos esportes de combate por sua passagem de sucesso pelo MMA, mas nunca escondeu seu interesse pelo boxe. Tanto que, no período em que era campeão do peso-médio (84 kg) do UFC, ‘Spider’, constantemente, expressava o desejo de atuar nos ringues. Depois de nocautear Tito Ortiz no primeiro round da luta realizada no último sábado (11), na Flórida (EUA), o brasileiro explicou como se originou sua devoção pela nobre arte.

Na coletiva de imprensa pós-evento (veja abaixo ou clique aqui), Anderson revelou que começou a gostar de boxe por conta das performances de Evander Holyfield, Mike Tyson e Roy Jones Jr., ou seja, três dois maiores nomes que já passaram pelos ringues. Curiosamente, as lendas da nobre arte, mesmo com idade avançada, voltaram a atuar.

No último sábado (11), Holyfield foi nocauteado por Vitor Belfort, enquanto Tyson e Jones Jr. empataram em duelo de caráter amigável, realizado em novembro de 2020. De acordo com Anderson, a dedicação e o talento que o trio mostrou ao longo de suas respectivas carreiras que lhe inspiram a seguir competindo em alto nível, aos 46 anos. Empolgado por nocautear Tito, ‘Spider’ declarou seu amor pelo esporte e deu a entender que mais lutas estão por vir.

“É incrível para mim, porque amo o boxe. Eu assistia Holyfield, Tyson, Roy Jones Jr. e pensava que, talvez, pudesse lutar no mesmo nível desses caras. Estou aqui hoje. Continuo trabalhando duro para provar meu respeito pela comunidade do boxe”, declarou o ex-campeão do UFC.

Anderson Silva, de 46 anos, é um dos lutadores mais celebrados dos esportes de combate. Em seu auge no MMA, o brasileiro marcou época no UFC. ‘Spider’ conquistou o título do peso-médio (84 kg) logo após sua estreia na companhia e o defendeu dez vezes. Não à toa, o veterano é considerado por parte da comunidade das artes marciais mistas o maior nome da história da modalidade. Seus principais triunfos foram diante de Chael Sonnen (duas vezes), Dan Henderson, Demian Maia, Forrest Griffin, Rich Franklin (duas vezes) e Vitor Belfort.

Após encerrar sua história no UFC, Anderson migrou para o boxe e já disputou duas lutas. Na primeira, ‘Spider’ superou Julio Cesar Chavez Jr., em junho, em pleno México, ou seja, na casa do adversário. Na segunda, realizada em setembro, o antigo rei do peso-médio do Ultimate nocauteou Tito Ortiz, ex-campeão dos meio-pesados (93 kg) da companhia, em questão de segundos. Agora, o veterano visa voltar ao ringue contra os youtubers Jake ou Logan Paul.

Mais em Boxe