Siga-nos
Divulgação/Bellator

Bellator

Presidente do Bellator revela oponente preferido de Fedor para luta de despedida

Com apenas mais uma luta prevista em seu contrato atual com o Bellator, Fedor Emelianenko já deixou claro que pretende pendurar as luvas após este compromisso. Com isso, muitos nomes de possíveis rivais para a luta de despedida do russo no MMA passaram a ser especulados. Mas, ao que tudo indica, ‘The Last Emperor’ está focado em um alvo específico.

Em conversa com a imprensa após a realização do Bellator 283, na última sexta-feira (22), Scott Coker, presidente da organização, confirmou as notícias vindas da Rússia que colocam o americano Ryan Bader – atual detentor do cinturão peso-pesado da companhia – como o adversário da preferência de Fedor para sua despedida do esporte. Sem se comprometer a promover o duelo, o dirigente admitiu que será difícil negar o pedido feito pelo ex-campeão do ‘Pride’, e revelou que deve conversar com ‘Darth’ para saber do seu interesse em enfrentar o russo mais uma vez.

“Essa é uma luta que Fedor realmente quer. Nós tivemos essa conversa. Essa é a última luta do contrato dele. Ele me disse que quer se aposentar. Eu ainda não conversei com Bader sobre isso. É difícil dizer não para Fedor, digamos assim. Nós vamos, definitivamente, pensar nisso. Não tem nada assinado ou nada que esteja iminente. Mas definitivamente, nós vamos ter essa conversa”, declarou Scott Coker.

Considerado por muitos como um dos maiores lutadores de todos os tempos, Fedor Emelianenko viveu o auge de sua carreira durante os anos 2000, quando competiu quase que exclusivamente em eventos asiáticos, com destaque para o extinto show japonês ‘Pride’, onde foi campeão dos pesos-pesados. Quando migrou para as competições nos Estados Unidos, ‘The Last Emperor’ não teve o mesmo sucesso, mas, ainda assim, teve boas passagens pelo Affliction e no Bellator, onde chegou a disputar o título da organização, mas acabou sendo derrotado exatamente por Ryan Bader, em 2019.

Mais em Bellator