Siga-nos
Divulgação/Bellator

Bellator

Final do GP do Bellator entre Pitbull e McKee rouba a cena do MMA no fim de semana

Depois de muita espera, o Grand Prix peso-pena (66 kg) do Bellator finalmente coroará o seu vencedor neste sábado (31). Iniciado ainda em 2019, o torneio viu seu cronograma ser atrasado em virtude da pandemia de COVID-19 que assolou o mundo, mas chega para a grande final cercado por uma expectativa talvez nunca antes vista na história da organização. A derradeira disputa, válida pelo título até 66 kg, colocará frente a frente o maior nome da entidade em todos os tempos e a principal promessa já criada pela liga rival do UFC: Patrício ‘Pitbull’ e AJ McKee, respectivamente.

Como se já não bastasse a importância da disputa e a expectativa pela batalha entre dois grandes nomes do MMA mundial na atualidade, a final do GP ganhou um tempero especial nos últimos dias, com a áspera discussão entre ‘Pitbull’ e McKee durante a coletiva de imprensa do Bellator 263, as recorrente trocas de farpas pela imprensa ou pelas redes sociais, e a certeza de que o clima de rivalidade ultrapassou o âmbito esportivo e se tornou pessoal.

Com todos esses diferentes elementos, a luta principal do Bellator 263 se tornou a atração mais aguardada pela comunidade do MMA neste fim de semana, superando o pouco estrelado card do UFC Vegas 33, da organização concorrente. Resta saber se o desempenho dos atletas dentro do cage será condizente com a expectativa criada ao redor da disputa. Mas, pelo histórico de ambos atletas, é melhor não duvidar da possibilidade de um grande espetáculo.

Para chegar à grande final do GP dos penas pela quarta vez em sua carreira, Patrício ‘Pitbull’ superou Juan Archuleta, Pedro Carvalho e Emmanuel Sanchez, respectivamente, os dois últimos pela via rápida. O potiguar está vive grande fase, se mantendo invicto desde 2017, período no qual reconquistou o cinturão dos penas, defendendo-o com sucesso em cinco oportunidades, e garantindo a inédita conquista do título dos leves (70 kg), ao nocautear o então campeão Michael Chandler, que agora atua pelo UFC, em maio de 2019.

Por sua vez, AJ McKee chega para a disputa credenciado por convincentes vitórias sobre Georgi Karakhanyan, Derek Campos e Darrion Caldwell, respectivamente, em sua caminhada no torneio. O americano, que construiu toda sua carreira no cage do Bellator, segue invicto, com um cartel de 17 vitórias e nenhuma derrota. Talentoso e bem articulado, o filho do veterano lutador Antonio McKee é uma das grandes apostas da organização presidida por Scott Coker para atrair novos fãs e, quem sabe, encurtar a distância para o UFC, seu principal concorrente, no futuro próximo.

O Bellator 263, que acontece neste sábado, terá como sede o ginásio ‘The Forum’, na Califórnia (EUA). Além de coroar o campeão do torneio, a final do GP dos penas premiará o vencedor do duelo entre ‘Pitbull’ e McKee com 1 milhão de dólares (cerca de R$ 5 milhões).

Mais em Bellator