Siga-nos
Rigel Salazar/PxImages

Bellator

Ex-UFC admite que precisou do Google para pesquisar sobre rival no GP do Bellator

Ex-membro do top 5 da divisão dos meio-pesados (93 kg) do UFC, Corey Anderson é uma das principais atrações do Grand Prix até 93 kg do Bellator, anunciado na última terça-feira (9) pela organização, ao lado de nomes também reconhecidos por suas passagens vitoriosas pelo Ultimate, além do atual campeão da categoria, o russo Vadim Nemkov. Curiosamente, o atleta de menor apelo popular junto ao grande público será justamente o primeiro adversário do americano no torneio, em duelo válido pelas quartas de final da competição e marcado para acontecer no dia 9 de abril, na cidade de Uncasville, em Connecticut (EUA).

Nascido no Turcomenistão, Dovletdzhan Yagshimuradov vem de oito vitórias consecutivas na carreira, mas ainda não possui o mesmo nível de notoriedade que seus rivais de GP, estando prestes a iniciar apenas sua primeira experiência em um grande evento, como o Bellator. Diante deste cenário, Corey Anderson admitiu que precisou utilizar as ferramentas de busca na internet para desvendar o mistério e se familiarizar com seu adversário inicial no torneio.

E ainda que seu rival não tenha um nome facilmente reconhecido pelos fãs do esporte, o americano pregou respeito ao lutador nascido no Turcomenistão. Com base na rápida pesquisa sobre o adversário na internet, Anderson ainda fez questão de elogiar o histórico positivo e o estilo de luta empregado pelo seu oponente em seus combates.

“Eu definitivamente tive que fazer uma busca rápida no Google. Primeiro de tudo, eu tive que ter certeza que meu empresário soletrou o nome dele certo porque eu pensei que ele estava teclando com a bunda e mandando uma séria de letras aleatórias. E quando eu coloquei isso (no Google), ele realmente apareceu. Eu fiquei tipo: ‘Espere. Isso é o nome de uma pessoa?’. Depois de fazer minha pesquisa, eu fiquei tipo: ‘Não posso ignorar esse cara porque eu não o conheço'”, contou Corey Anderson, antes de completar.

“Esse cara, na verdade, tem um estilo muito bom. Ele tem um cartel muito bom e é bem conhecido de onde ele é. Eu fiz minha pesquisa. Ele é um grande nome no lugar de onde ele é, e só porque nós não o conhecemos, isso não significa nada. Então, eu não vou menosprezar ninguém”, afirmou o ex-lutador do UFC, durante a coletiva de imprensa de lançamento do GP meio-pesado do Bellator.

Após construir grande parte de sua carreira profissional no UFC, onde chegou ao top 5 dos meio-pesados, Corey Anderson se transferiu para o Bellator no ano passado e, logo em sua estreia, venceu o veterano Melvin Manhoef por nocaute técnico, no último mês de novembro. Por sua vez, Dovletdzhan Yagshimuradov chega à liga credenciado por um cartel de 18 vitórias, cinco derrotas e um empate.

Recheada de renomados atletas, o Grand Prix até 93 kg do Bellator chega com a intenção de provar a qualidade do plantel de meio-pesados da entidade. Além de Anderson e Yagshimuradov, o torneio conta com a presença de Lyoto Machida, Phil Davis, Ryan Bader, Vadim Nemkov, Anthony Johnson e Yoel Romero.

Mais em Bellator