Henry Cejudo foi campeão peso-mosca e peso-galo do UFC – Diego Ribas

Ao que parece, Henry Cejudo não vai se manter afastado dos esportes de combate por muito tempo. O ex-campeão peso-mosca (57 kg) e peso-galo (61 kg) do UFC, que anunciou sua aposentadoria do MMA recentemente, agora mira um combate contra o invicto Ryan Garcia, no boxe profissional.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Cejudo revelou que está em negociação para que o duelo aconteça e que, inclusive, já existe um investidor disposto a bancar a disputa, que seria realizada na Arábia Saudita, faltando apenas a assinatura do contrato por parte do boxeador. Medalhista de ouro no wrestling na Olimpíada de Pequim, em 2008, e campeão em duas categorias pelo UFC, ‘Triple C’ vê na superluta contra Ryan Garcia a oportunidade de ter êxito em mais uma modalidade.

“Eu acho que fiz tudo no MMA, campeão olímpico, campeão peso-mosca, campeão peso-galo, eu defendi meus dois títulos. Penso que a única coisa que resta é fazer Ryan Garcia se ajoelhar. Eu realmente não o acho tão bom. Acho que com uma equipe adequada, o plano de jogo certo, eu acredito que poderia fazê-lo ajoelhar-se em frente de Oscar De La Hoya”, provocou Cejudo, antes de continuar.

“Eu sinto que tenho todas as ferramentas, a potência, a força, a experiência. E nós queremos fazer isso acontecer, potencialmente na Arábia Saudita. Nós conseguimos o cara da grana que está disposto a pagar nós dois. Só depende do ‘Randy Candy’ Garcia assinar o contrato”, contou o ex-campeão do UFC.

Aos 21 anos de idade, Ryan Garcia segue invicto no boxe profissional após 20 combates. O pugilista, que soma 17 vitórias por nocaute e três na decisão dos juízes, é o atual detentor do cinturão silver peso-leve do Conselho Mundial de Boxe (WBC).

Por sua vez, Henry Cejudo anunciou sua aposentadoria do MMA logo após derrotar Dominick Cruz, no UFC 249, realizado no último dia 9 de maio. Em seu cartel, o americano acumulou 16 triunfos e apenas dois reveses.